PlayStation fecha acordo com epay para levar conteúdo a 150 mil pontos de venda

Por Felipe Demartini | 18 de Setembro de 2020 às 08h20
Divulgação

A Sony anunciou uma parceria com a epay Brasil, empresa de distribuição de códigos pré-pagos em canais digitais, para distribuir conteúdo de PlayStation em 150 mil pontos de venda brasileiros, além de plataformas digitais como carteiras e aplicativos de bancos. A ideia é disponibilizar cartões pré-pagos e assinaturas da Plus como, hoje, é feito com recargas de celulares pré-pagos, um sistema que, inclusive, será compartilhado entre as soluções.

A ideia, de acordo com a epay, é usar uma plataforma chamada PoR, ou “pin on receipt”, que como o nome em inglês diz, permite a emissão de códigos digitais pré-pagos a partir dos próprios terminais usados pelos pequenos varejos. Essas sequências aparecem nos recibos dados aos consumidores e garantiram a expansão da rede de recarga de celulares para supermercados, farmácias, bancas de jornal e outros tipos de estabelecimento.

No caso dos códigos ligados à PlayStation Plus ou à própria loja online da Sony, o código impresso no recibo poderá ser resgatado diretamente no marketplace para obtenção do período da assinatura ou dos créditos para compra de jogos e outros conteúdos. A epay destaca a capilaridade desse tipo de solução em relação aos cartões convencionais, vendidos nas prateleiras, justamente o que permitiu que o sistema chegasse até mesmo a cidades pequenas e regiões mais isoladas, onde grandes redes não estão presentes e o acesso aos estabelecimentos de operadoras, por exemplo, é mais restrito.

De acordo com o diretor de marketing e vendas da epay Brasil, Rogério Lima, a parceria também aumenta o crescimento do consumo de games no Brasil e essa própria expansão a partir dos terminais. Além disso, destaca a parceria com bancos digitais e carteiras. “Com a quarentena, ocorreu uma aceleração no uso dos canais digitais para compra de conteúdo. Pelas e-wallets, a experiência de compra é muito mais prática para o consumidor, que usa o saldo disponível, acessa o conteúdo de seu interesse e usa imediatamente”, completa.

De acordo com a epay, a parceria leva os conteúdos de PlayStation a marcas como Banco Inter, PicPay, Flash App, Recarga Pay, i2020, Jeitto e Payly. Os valores são os mesmos cobrados no marketplace online da Sony, com a assinatura da PlayStation Plus custando R$ 64,90 por três meses e R$ 149,90 por um ano. Cartões pré-pagos também são vendidos por valores que vão de R$ 30 a R$ 250.

Fonte: epay Brasil

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.