PES 2018 chega aos consoles da nova (e velha) geração em setembro

Por Redação | 18.05.2017 às 11:08

O futebol voltou aos holofotes — e não estamos apenas falando do início do Campeonato Brasileiro ou da última rodada da Taça Libertadores da América. Aproveitando que a bola voltou a brilhar nos campos, a Konami trouxe mais detalhes sobre a edição deste ano de Pro Evolution Soccer. E, depois da ótima recepção no ano passado, PES 2018 chega com grandes novidades.

Segundo a empresa, o jogo será lançado no próximo dia 12 de setembro para PlayStation 4, Xbox One, PlayStation 3, Xbox 360 e PC. Sim, os consoles da geração passada ainda vão ser contemplados, mostrando que a intenção do estúdio é alcançar realmente todos os fãs do esporte. No Brasil, o título seguirá contando com a narração de Milton Leite, que substitui o clássico Sílvio Luís desde 2016.

A promessa da Konami é fazer com que o novo PES seja o jogo da série com mais novidades nos últimos dez anos. Isso significa que eles apostaram pesado em novos recursos e funções, ampliando principalmente as opções de jogabilidade. Isso inclui, por exemplo, um novo sistema de controles ajustados, que permite a realização de dribles estratégicos com mais facilidade. Batizado de Real Touch+, esse recurso vai ajudar os jogadores a dominarem e a tocarem a bola de maneira mais natural, usando várias partes do corpo para isso — como acontece nos campos de verdade.

Isso significa que o toque não vai mais ser feita apenas com aquela categoria do chutinho baixo, mas também de cabeça, peito e pernas. Essa recepção vai depender do modo como a bola vai ser tocada para o jogador, que vai responder de maneira muito mais realista e menos mecânica. Outra novidade é que a cobrança de pênalti também foi reformulada.

Já na parte visual, a Konami também garantiu melhorias, deixando o jogo mais bonito e realista. A animação dos atletas e a iluminação geral da partida vai passar por mudanças para se adequar a essa pegada mais fiel ao que vemos nos gramados. E, para quem joga no PC, a empresa garante que a qualidade será equivalente àquilo que os jogadores encontram nos consoles.

Outro detalhe curioso é que a produtora está se olho no crescente mercado de eSport e, por isso, vai investir pesado na PES League, descrita como “inteiramente integrada dentro do próprio game”, o que pode permitir a organização de campeonatos de maneira mais simples.