Patente da Sony exibe novo joystick para o PlayStation VR

Por Redação | 30 de Janeiro de 2018 às 14h28
Reprodução
Tudo sobre

Sony

A Sony registrou patentes que podem revelar a nova geração de controles de movimento a serem usados com o PlayStation VR, seus óculos de realidade virtual para o PS4. As imagens mostram o que se parece muito com uma evolução do Move, joysticks já usados hoje para esse fim, mas com a promessa de uma detecção mais fiel e botões adicionais.

Na patente registrada, sai o uso da câmera, que era usada para analisar visualmente os dados de movimento a partir de uma luz LED na parte superior do controle, e entra a tecnologia infravermelha. De forma semelhante ao que acontece no HTC Vive ou Oculus Rift, por exemplo, sensores são utilizados para detectar os movimentos feitos pelo jogador, o que torna a aplicação em um jogo mais fiel e dinâmica, além de menos suscetível a interferências do ambiente.

Além disso, a Sony mostra o que deve ser um design mais ergonômico, para combinar com o aumento na quantidade de botões. Temos um analógico, que não está presente nos atuais controles Move, bem como um novo posicionamento de comandos, junto com o tradicional gatilho, que mostram o grande potencial da tecnologia de realidade virtual nos jogos de tiro.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Patente da Sony mostra possível atualização para o Move (Imagem: IP Force)

Uma segunda patente vai mais além e exclui completamente a necessidade de controles. Mais sofisticada, ela detalha uma tecnologia de rastreamento de movimentos que estaria presente nos próprios óculos, capazes de detectar as ações feitas pelas próprias mãos dos usuários, ao melhor estilo Minority Report.

Aqui, o detalhe é tamanho que até mesmo movimentos individuais dos dedos podem ser detectados e transformados em ações no game. O uso de controles físicos seria totalmente dispensado em troca de uma solução desse tipo, em uma tecnologia que parece vinda diretamente do futuro.

É claro, o registro de patentes não necessariamente significa a intenção de aplicar as novidades no mundo real. Muitas vezes, documentos desse tipo servem para que invenções sejam protegidas ou permite que empresas ganhem dinheiro com royalties e licenciem suas criações para parceiros interessados. Como a Sony não se pronunciou sobre o assunto, não dá para saber exatamente qual é o caso aqui.

Por outro lado, uma atualização do Move é mais do que um pedido dos jogadores que já aderiram à realidade virtual no PS4. Ao decidir usar os controles de movimento, a Sony deu sobrevida a um dispositivo lançado originalmente em 2010, ainda para o PlayStation 3, que não foi imaginado para esse tipo de uso. Ele funciona bem, apesar da baixa precisão e problemas de interferência, mas ainda assim, uma nova versão viria muito bem a calhar.

Fonte: IP Force

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.