Os jogos mais aguardados para 2016

Por Caio Carvalho | 22 de Dezembro de 2015 às 14h19
photo_camera Divulgação

Chegamos ao terceiro ano — quarto, se levarmos em consideração o Wii U — da nona geração de consoles. E desde que os aparelhos chegaram ao mercado, o catálogo de jogos dessas plataformas ganhou adições boas, algumas medianas e outras nem tão significativas assim.

Fato é que não podemos reclamar: 2015 foi um ano excelente e com novidades para todos os gostos. O sanguinário, mas igualmente recompensador Bloodborne; o misterioso Life is Strange com uma das melhores trilhas sonoras dos últimos tempos; o divertido multiplayer de Splatoon e Rocket League; os viciantes The Witcher 3 e Fallout 4. Enfim, foram dezenas de opções, seja pela história ou pelo gameplay, que nos fizeram ficar horas na frente da TV.

Mas 2016 já está aí. E com ele, entra uma nova leva de títulos que esperamos não serem adiados mais uma vez. É o caso de Deus Ex: Mankind Divided, The Division, Quantum Break e quase todos os outros jogos que, até o momento, estão programados para sair ainda este ano.

Separamos alguns dos games mais aguardados dos próximos meses. Primeiro aqueles com lançamento já confirmado. Depois, ao final, colocamos os trailers dos que também devem sair neste ano, mas que não possuem uma data exata para chegar ao mercado.

Mighty No. 9

  • Lançamento: 9 de fevereiro
  • Plataformas: PC, Mac, Linux, PS4, PS3, Xbox 360, Xbox One, Wii U, 3DS, Vita

A espera foi longa, mas o sucessor espiritual da série Mega Man está pronto para chegar às plataformas da velha e da atual geração, além dos computadores. Anunciado em 2013, Mighty No. 9 começou como uma campanha no Kickstarter, na qual alcançou sua meta em apenas 48 horas. O game conta a história do androide Beck, que faz parte de uma unidade de robôs de combate chamada Mighty Numbers. Em um determinado momento, um vírus afetou todos os outros membros de sua linhagem, obrigando o pequeno robô a sobreviver nesse mundo pós-apocalíptico.

Unravel

  • Lançamento: 9 de fevereiro
  • Plataformas: PC, PS4, Xbox One

É até estranho admitir que a Electronic Arts, acostumada com títulos AAA, esteja apostando suas fichas no mercado independente. E o primeiro resultado dessa empreitada é Unravel, game que encantou a plateia na conferência da empresa na E3 2015 e que chega com a promessa de conquistar fãs de jogos de plataforma e com uma narrativa mais intimista.

Desenvolvido pelo estúdio sueco Coldwood Interactive, Unravel traz o boneco de lã Yarny e sua jornada baseada nas emoções e nas lembranças que de alguma forma estão conectadas à uma mulher triste que perdeu sua família. Conforme se movimenta pelo cenário, a criatura feita de lã vai deixando para trás um fio vermelho, como se estivesse deixando uma parte de sua história para trás conforme prossegue pelo caminho.

Street Fighter V

  • Lançamento: 16 de fevereiro
  • Plataformas: PC, Linux, PS4

A popular franquia de luta da Capcom volta com um capítulo inédito em 2016 — com direito a exclusividade no PS4, pelo menos no que diz respeito ao campo dos consoles. Em seu lançamento, o novo Street Fighter contará com um total de 16 personagens, sendo eles os veteranos Ryu, Chun-Li, Nash, M. Bison, Cammy, Birdie, Ken, Vega, R. Mika, Karin, Zangief e Dhalsim, e os novatos Necalli, Rashid, F.A.N.G e Laura (que é brasileira). Posteriormente, mais seis lutadores serão adicionados: Alex, Guile, Balrog, Ibuki, Juri e Urien.

Lembrando que os personagens poderão ser comprados tanto com dinheiro de verdade quanto pela "Fight Money", a moeda in-game conquistada dentro do jogo. Além disso, haverá cross-play entre o PC e PlayStation 4.

Far Cry Primal

  • Lançamento: 23 de fevereiro
  • Plataformas: PC (março), PS4, Xbox One

Diferente de todos os jogos anteriores da série, o novo Far Cry será ambientado na Idade da Pedra, 10.000 antes de Cristo (a.C.), numa época em que os humanos usavam aquilo que encontravam na natureza para sobreviver. Sem as armas de fogo e os veículos movidos a combustível — marcas registradas da franquia —, a aventura acontece no mundo aberto de Oros, povoado por mamutes, tigres dentes de sabre, gigantes e outras criaturas selvagens. O personagem principal precisará aprender a caçar e a usar o fogo para aprimorar suas habilidades.

Tom Clancy's The Division

  • Lançamento: 8 de março
  • Plataformas: PC, PS4, Xbox One

Após inúmeros adiamentos, o novo game assinado pelo escritor Tom Clancy, falecido em outubro de 2013, finalmente está prestes a sair do papel. Em The Division, vemos uma Nova York devastada por um vírus que infectou milhões de pessoas na famosa noite de compras da Black Friday. Pouco a pouco, recursos básicos como água e comida começam a se tornar escassos. É aí que entra em ação uma unidade de agentes conhecida como A Divisão.

Os jogadores assumem um papel semelhante ao dos guardiões de Destiny: você recebe uma missão em um determinado ponto da cidade, organiza uma tática com sua equipe e parte em busca de equipamentos. Só que no meio dessa jornada aparecem outros adversários com os mesmos objetivos, e podem ser tanto pessoas de verdade quanto a inteligência artificial do próprio jogo, que por sua vez mescla elementos de PvP e PvE para dar mais realismo.

Hitman

  • Lançamento: 11 de março
  • Plataformas: PC, PS4, Xbox One

Os jogos da série Hitman sempre foram conhecidos pelas diversas possibilidades em concluir os objetivos, seja partindo para o tiroteio ou uma ação mais furtiva. O problema é que o jogador sempre ia por um caminho mais previsível — como se esconder atrás de um carro ou numa lata de lixo e esperar a hora certa de contra-atacar.

Isso continua no próximo título, que se chama apenas Hitman mesmo, mas agora com elementos totalmente não-lineares na jogabilidade. Na prática, isso significa uma liberdade maior para completar as centenas de missões que estarão no game. Outro diferencial é que Hitman terá funções sociais que vão permitir a criação de contratos em uma modalidade online para eliminar alvos específicos em um período limitado.

No lançamento, haverá três áreas de exploração livre: Paris (França), Sapienza (Itália) e Marrakesh (Marrocos). Serão cerca de 800 alvos, seis missões de campanha, 40 assassinatos especiais e eventos semanais. Depois, serão adicionadas outras três novas locações: Tailândia, Estados Unidos e Japão.

Uncharted 4: A Thief's End

  • Lançamento: 18 de março
  • Plataforma: PS4

Naquele que promete ser o desfecho da história envolvendo Nathan Drake, A Thief's End tem sido descrito pela Naughty Dog como a maior — e possivelmente a última — aventura do herói, que vai testar "seus limites físicos, sua determinação" e aquilo que ele "está disposto a sacrificar para salvar aqueles que ama".

O quarto jogo da série Uncharted se passa três anos após os eventos de Drake's Deception. Nathan decidiu sair de sua vida de caçador de recompensas para construir uma família ao lado de Elena. O que ele não contava é que seu irmão mais velho, Sam, no qual pensava estar morto, reaparece pedindo sua ajuda para encontrar a colônia pirata de Libertatia, onde um antigo artefato está escondido.

Além de contar com opções de diálogos e elementos de The Last of Us (no singleplayer e no multiplayer), A Thief's End marca o retorno de grandes vozes à dublagem do jogo, incluindo Nolan North (Drake), Emily Rose (Elena) e Richard McGonagle (Sully). Troy Baker integra o elenco como Sam.

Quantum Break

  • Lançamento: 5 de abril
  • Plataforma: Xbox One

Três anos após ser anunciado, um dos maiores exclusivos do console da Microsoft promete repetir o sucesso entre a companhia e a desenvolvedora Remedy, responsável por Alan Wake, também exclusivo para Xbox. Logo, podemos esperar muita câmera lenta nos momentos de ação.

A trama envolve pesquisas sobre viagens no tempo que de alguma forma deram errado e acabaram afetando tanto o tempo quanto os personagens principais. Um deles é Paul Serene, o antagonista do game e que é vivido por Aiden Gillen (o Petyr Baelish do seriado Game of Thrones). O vilão, que consegue ver o futuro e decidir o que mudar no presente, controla uma corporação que está atrás dos protagonistas da aventura: os jovens Jack Joyce (Shawn Ashmore, o Homem de Gelo de X-Men) e William Joyce (Dominic Monaghan, o Merry de O Senhor dos Anéis), que podem parar o tempo.

Assim como aconteceu com Halo, que ganhou duas séries derivadas — Forward Unto Dawn e Nightfall —, Quantum Break também terá um seriado com atores reais e que será diretamente ligado ao jogo de videogame.

Dark Souls III

  • Lançamento: 12 de abril
  • Plataformas: PC, PS4, Xbox One

O terceiro Dark Souls pode ser o último da série, mas deve fechar a franquia em grande estilo, já que Hidetaka Miyazaki, que comandou a equipe do primeiro título, retorna à direção. E no que depender de seu criador, o jogo promete mesclar o alto (porém justo) nível de dificuldade, característica dos games Souls, com a mecânica mais ágil de Bloodborne, outra obra prima de Miyazaki. Fato é: prepare-se para morrer. E morrer. E morrer de novo. E morrer muito em abril.

Ratchet & Clank

  • Lançamento: 12 de abril
  • Plataforma: PS4

Os carismáticos personagens da Insomniac Games retornam em abril para sua primeira aventura no atual console da Sony. O jogo chegará dias antes do lançamento do filme que vai contar a origem dos heróis, que tem estreia marcada para 29 de abril de 2016. Segundo a desenvolvedora. o game não será um remake do primeiro Ratchet & Clank, mas sim algo completamente novo, com "vários novos planetas, segmentos atualizados de gameplay, novas lutas com chefões e um arsenal de armas que não estava no jogo original".

Star Fox Zero

  • Lançamento: 22 de abril
  • Plataforma: Wii U

Demorou nove anos, mas a Nintendo está pronta para lançar um novo game da franquia Star Fox. Supervisionado diretamente pelo produtor Shigeru Miyamoto e desenvolvido em parceria com a Platinum Games (Bayonetta 2), Zero vai tirar proveito do gamepad do Wii U para servir como uma segunda tela: enquanto a TV exibe a visão de fora da nave, o controle mostra o interior do cockpit. Além disso, a nave do herói Fox poderá se transformar em um robô para combater inimigos no solo.

Battleborn

  • Lançamento: 3 de maio
  • Plataformas: PC, PS4, Xbox One

Conhecida pelo sucesso na série Borderlands, a Gearbox quer trazer a fórmula de seu shooter e uni-la ao estilo MOBAs. O resultado disso é Battleborn, que pode ser jogado tanto sozinho quanto cooperativamente com outros quatro amigos. De acordo com a desenvolvedora, serão 25 personagens únicos "que formam uma aliança improvável para salvar a última estrela do universo de um inimigo misterioso empenhado em destruí-la". Todos os heróis poderão ser usados nas experiências singleplayer e multiplayer, que contará com três modos competitivos no esquema cinco contra cinco.

Mirror's Edge Catalyst

  • Lançamento: 24 de maio
  • Plataformas: PC, PS4, Xbox One

Sem abandonar o estilo futurista do jogo original, como a trilha sonora e as cores fortes contrastando com o branco, o novo Mirror's Edge também mantém o gameplay focado no parkour. Só que, em vez de colocar o jogador num corredor estreito e com uma linha cronológica de missões, agora será possível explorar uma cidade inteira no modo livre. Haverá também um elemento multiplayer, bem semelhante ao que acontece em Dark Souls e Bloodborne, nos quais você pode deixar recados no chão com pistas e dicas do game: se tiver algo para dizer, poderá deixar uma marca em um outdoor ou prédio, por exemplo, para que os outros jogadores possam reagir a ela.

Outro diferencial é a história. Enquanto o Mirror's Edge de 2008 se focou principalmente na trama entre Faith e sua irmã em apuros, Catalyst teve poucos detalhes revelados. O que os produtores do jogo garantem é que a narrativa será muito mais importante e, de acordo com os trailers divulgados até agora, vai recontar as origens da protagonista e como ela se tornou uma Runner (corredora), a pessoa que transporta mensagens e pacotes pulando de telhado em telhado.

Deus Ex: Mankind Divided

  • Lançamento: 23 de agosto
  • Plataformas: PC, PS4, Xbox One

Continuação direta de Deus Ex: Human Revolution, Mankind Divided começa em 2029, dois anos após o incidente que resultou na morte de centenas de pessoas modificadas pelos implantes aumentados. Adam Jensen, agora membro de um grupo antiterrorista, convive em um mundo onde as pessoas consideradas normais segregam todos aqueles que possuem mecanismos cibernéticos em seus corpos. Cidades inteiras entraram em guerras constantes, mas isso parece ser apenas a ponta do iceberg que levará o protagonista até uma grande conspiração mundial.

Jogos confirmados para 2016, mas sem data de lançamento

Allison Road (PC)

Crackdown 3 (Xbox One)

Dishonored 2 (PC, PS4, Xbox One)

Doom (PC, PS4, Xbox One)

Fable Legends (PC, Xbox One)

Final Fantasy XV (PS4, Xbox One)

Gears of War 4 (Xbox One)

Hellblade (PC, PS4)

Horizon: Zero Dawn (PS4)

The Last Guardian (PS4)

The Legend of Zelda (Wii U)

Mafia III (PC, Linux, PS4, Xbox One)

Mass Effect: Andromeda (PC, PS4, Xbox One)

Metroid Prime: Federation Force (3DS)

No Man's Sky (PC, PS4)

Outlast 2 (PC, PS4, Xbox One)

Overwatch (PC, PS4, Xbox One)

Persona 5 (PS4, PS3)

ReCore (Xbox One)

Scalebound (Xbox One)

Wild (PS4)

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.