NX não será “um novo Wii U”, diz Nintendo

Por Redação | 04 de Dezembro de 2015 às 11h00
photo_camera Divulgação

Ainda não se sabe quase nada sobre o NX, o próximo console da Nintendo, mas desde já, o CEO da empresa, Tatsumi Kimishima, deixou algo claro: não se trata de “um novo Wii U”. De acordo com ele, o próximo console da “Big N” não será nada parecido com o que temos hoje em dia nas propostas da empresa, e longe de uma evolução de conceitos anteriores, como aconteceu na mais recente geração.

Utilizando as palavras “único e diferente” para definir o NX, Kimishima interrompeu sua fala por aí. Ele afirmou apenas que a ideia é criar algo que tenha bastante apelo para os fãs da Nintendo, e que para que isso aconteça, é preciso se distanciar das propostas que já existem hoje, algo que está mais do que comprovado com a dificuldade do Wii U de se manter na concorrência com o PS4 e o Xbox One.

Os primeiros detalhes sobre o aparelho, porém, ainda são desconhecidos, e devem ser revelados somente no ano que vem. Além das declarações do CEO da Nintendo, tudo o que sabemos é que alguns desenvolvedores já estão trabalhando em títulos para a plataforma, o que inclui a Square Enix, responsável por franquias consagradas como Dragon Quest e Final Fantasy. Além disso, rumores afirmam que o NX pode ser um console híbrido, fazendo as vezes de portátil e aparelho de mesa, com um módulo que funcione de maneira independente, ao contrário do que acontece hoje com o Wii U, cujo GamePad até pode ser usado sem a TV, mas depende da unidade central para realizar todo o processamento.

O principal ponto a ser trabalhado aqui, na visão do mercado, é em relação ao potencial gráfico, algo que impediu o Wii U de se colocar ao lado dos concorrentes até mesmo no momento de receber jogos multiplataformas. A necessidade de um desenvolvimento dedicado se uniu a baixos números de vendas, o que acabou levando as desenvolvedoras a abandonarem a plataforma, deixando a Nintendo contando apenas consigo mesma para seguir em frente, algo que, na visão de analistas, vem sendo feito com sucesso, apesar de os números ainda serem baixos.

Mas e quanto ao nome? NX pode nem mesmo ser o título final do aparelho e Kimishima afirma que não sabe se as letras formam uma sigla, ou se possuem algum significado especial. Ao final da entrevista, ele diz que não sabe de onde veio essa identificação e, talvez, o falecido Satoru Iwata, antigo CEO da Nintendo, nunca tenha tido a chance de explicar a ele o que está por trás disso.

Fonte: Time

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.