Novo console da Nintendo pode ter processador AMD

Por Redação | 18.07.2015 às 16:35
photo_camera Divulgação

A Nintendo já anunciou seu novo console, o NX, mas disse que só vai falar dele no ano que vem. Não temos nenhuma imagem ou informação oficial, o que não impede que os rumores sobre o vindouro aparelho comecem a se acumular. E o mais recente deles afirma que a AMD seria a escolhida para fornecer o processador que dará poder à plataforma.

A fabricante de chips é presença constante no mercado de videogames. Além de ser uma das principais empresas de placas de vídeo, é a AMD que também fornece os componentes para o Xbox One, da Microsoft, e o PlayStation 4, da Sony. Logo, a ideia da Big N não é apenas investir em qualidade e poderio, mas também facilitar a vida dos desenvolvedores com uma arquitetura semelhante.

Aqui, temos algo do que a Nintendo tem muito a se beneficiar. Cada vez mais, a casa de Mario e companhia se isola dos grandes lançamentos do mercado para investir em títulos próprios justamente pela defasagem gráfica e diferença de arquitetura do Wii U em relação aos consoles da atual geração. É justamente isso que estaria levando a gigante japonesa a investir tão cedo em uma nova plataforma. Afinal, é preciso correr atrás do prejuízo.

Os boatos nem são recentes e já circulam por aí desde o ano passado, quando o diretor financeiro da AMD, Devinder Kumar, afirmou que a empresa está trabalhando com um grande nome do setor em um projeto de dispositivo que vai “além dos games”. Agora, a CEO Lisa Su afirmou que a companhia obteve contrato para a fabricação de mais um chip “semi-custom”, como são chamados os componentes criados em parceria com outras companhias, servindo para propósitos específicos.

A união entre AMD e Nintendo não seria uma novidade. No Wii U, o console de atual geração da empresa, lançado em 2012, já temos uma placa gráfica da fabricante atuando ao lado de um processador PowerPC da IBM. Como a “Big Blue” parece estar trabalhando cada vez menos com esse segmento, a escolha por uma companhia já conhecida parece óbvia, como se a tendência do mercado já não fosse motivo suficiente para isso.

Seja como for, parece que ambas as empresas estão bastante confiantes no sucesso do NX. Completando sua fala, Su disse que o novo chip semi-custom estará em um aparelho com potencial para arrecadar mais de US$ 1 bilhão em vendas. E todos sabemos que vender consoles é justamente o que a Nintendo precisa no momento, após passar por maus lençóis com o Wii U.

Fonte: GamesBeat