No Man's Sky é adiado para agosto e criadores do game são ameaçados de morte

Por Redação | 30.05.2016 às 12:17
photo_camera Divulgação

Os rumores de que No Man's Sky, game independente de exploração espacial desenvolvido pela Hello Games, seria adiado são verdadeiros. Em um post no PlayStation Blog, o cofundador do estúdio, Sean Murray, disse na última sexta-feira (27) que o título ainda precisa de polimento em alguns "momentos-chave" e que, por isso, teve seu lançamento atrasado: de 21 de junho para 9 de para agosto.

"Conforme nos aproximávamos dos estágios finais de desenvolvimento, percebemos que alguns momentos-chave precisavam de polimento extra para serem encaixados nos nossos padrões. Eu tive de fazer essa difícil escolha em adiar o lançamento do jogo em algumas semanas para que possamos entregar algo especial", destacou Murray.

"Entendemos que essa notícia é decepcionante. A coisa mais difícil que já fiz na minha vida foi criar este jogo, mas estamos tão perto agora, e estamos preparados para tomar as decisões difíceis para acertarmos", completou. Murray ainda disse que, apesar do atraso, a produção do jogo está indo "incrivelmente bem" e que ele e sua equipe estão orgulhosos por tudo o que estão fazendo - e devem mesmo, já que o título é desenvolvido por uma equipe bastante pequena se comparada a outros estúdios.

O adiamento de No Man's Sky é válido tanto para o PlayStation 4 quanto para o PC. Na América do Norte, o lançamento é para o dia 9 de agosto, enquanto a Europa receberá o título no dia 12 e o Reino Unido apenas no dia 12 de setembro. Não foi confirmada uma data para a América Latina, mas é provável que o game chegue por aqui nesse período.

Ameaças

Certamente, o atraso de algumas semanas no lançamento de No Man's Sky não agradou os jogadores que esperam ansiosamente pelo game. Contudo, alguns usuários levaram a notícia ao extremo e fizeram ameaças de morte aos criadores do jogo. O próprio Murray confirmou as ofensas em seu perfil no Twitter, citando ter recebido "toneladas de ameaças de morte" desde que anunciou o adiamento do título.

Além de Sean Murray, o redator Jason Schreier, do site Kotaku, também foi ameaçado pelas redes sociais. Foi ele quem publicou o rumor sobre as novas datas de lançamento do game dois dias antes do anúncio oficial. Em mensagens, os usuários disseram ao jornalista que ele "não pode sair dessa fácil assim" e que iriam achar Schreier para "acabar" com ele. "Seu pequeno artigo sobre No Man's Sky ser atrasado me fez odiar você do fundo do coração", escreveu um deles.

Anunciado originalmente em 2013, No Man's Sky é um jogo em primeira pessoa que tem como proposta a exploração de múltiplos locais no universo. O game teria o equivalente a 18 quintilhões de planetas prontos para serem explorados, cada um deles com fauna e flora próprias, além de ciclos de dias e noite distintos.

Fontes: PlayStation Blog, Sean Murray (Twitter), Jason Schreier (Twitter), Polygon