Nintendo registra queda de 61% nos lucros

Por Redação | 27.04.2016 às 08:39

Um ano de lançamentos relativamente mornos parece ter prejudicado consideravelmente as contas da Nintendo. Em relatório de lucros publicado nesta quarta-feira (27), a empresa registrou uma baixa considerável durante o ano fiscal concluído no dia 31 de março, fechando o período com 16,5 bilhões de ienes – receita 61% abaixo dos 41,8 bilhões de ienes obtidos no ano anterior. Embora já antecipasse a desaceleração, a companhia havia projetado lucros de 17 bilhões de ienes.

Isoladamente, entretanto, há números mais animadores. Por exemplo, a Big N obteve lucro de 44 milhões de ienes com suas vendas digitais – haviam sido 31 bilhões de ienes no ano fiscal prévio. Além disso, a categoria “Aparelhos smart e receita relacionada a IP”, relacionada a lucros obtidos com smartphones, garantiu 5,7 bilhões de ienes, enquanto que as “figuras de ação e cards” relacionadas aos onipresentes Amiibos despacharam, respectivamente, 24,7 milhões de unidades e 28,9 milhões de unidades mundo afora.

amiibos

“Faltaram lançamentos de peso”

Embora games como Animal Crossing: Happy Home Designer e Pokémon Super Mystery Dungeon tenham despachado números respeitáveis de cópias – 3,04 milhões e 1,22 milhões, respectivamente -, a Nintendo atribui a baixa lucratividade à falta de títulos “como Pokémon Omega Ruby/Pokémon Alpha Sapphire e Super Smash Bros.” durante o último ano fiscal.

Trata-se, afinal, dos títulos que fizeram a diferença no portátil da companhia, “energizando todo o negócio do 3DS durante o ano fiscal anterior”. Seja como for, o Wii U contou com Splatton (4,27 milhões de unidades vendidas) e com Super Mario Maker (3,52 milhões de unidades) – e a Big N segue otimista em relação a The Legend of Zelda: Twilight Princess HD, que “teve um bom início”.

Super Smash Bros.

Também para o console, Fire Emblem Fates despachou 1,84 milhão de unidades ao redor do mundo, vendendo mais cópias fora do que dentro do Japão (algo curioso para a franquia).

3DS e Wii U

O relatório também lista o número de consoles vendidos pela japonesa durante o último ano fiscal. Segundo o documento, o 3DS vendeu 6,79 milhões de consoles e 48,52 milhões de títulos durante o período. Já o Wii U vendeu 3,26 milhões de consoles e 27,36 milhões de jogos.

Enfim, pelo menos um lançamento de peso deve demorar a fazer a diferença nas contas, já que a companhia anunciou que o novo The Legend of Zelda para o Wii U não deve chegar antes de 2017 – a fim de conduzir “melhorias na qualidade” do jogo -, embora Fire Emblem e Animal Crossing tenham sido confirmados em suas versões para smartphones. Ademais, 2017 também será o ano de chegada do próximo console da fabricante, o ainda vago Nintendo NX.

Nintendo NX

Fonte: Nintendo