Siga o @canaltech no instagram

Nintendo registra queda de 61% nos lucros

Por Redação | 27 de Abril de 2016 às 08h39
Tudo sobre

Nintendo

Saiba tudo sobre Nintendo

Ver mais

Um ano de lançamentos relativamente mornos parece ter prejudicado consideravelmente as contas da Nintendo. Em relatório de lucros publicado nesta quarta-feira (27), a empresa registrou uma baixa considerável durante o ano fiscal concluído no dia 31 de março, fechando o período com 16,5 bilhões de ienes – receita 61% abaixo dos 41,8 bilhões de ienes obtidos no ano anterior. Embora já antecipasse a desaceleração, a companhia havia projetado lucros de 17 bilhões de ienes.

Isoladamente, entretanto, há números mais animadores. Por exemplo, a Big N obteve lucro de 44 milhões de ienes com suas vendas digitais – haviam sido 31 bilhões de ienes no ano fiscal prévio. Além disso, a categoria “Aparelhos smart e receita relacionada a IP”, relacionada a lucros obtidos com smartphones, garantiu 5,7 bilhões de ienes, enquanto que as “figuras de ação e cards” relacionadas aos onipresentes Amiibos despacharam, respectivamente, 24,7 milhões de unidades e 28,9 milhões de unidades mundo afora.

amiibos

“Faltaram lançamentos de peso”

Embora games como Animal Crossing: Happy Home Designer e Pokémon Super Mystery Dungeon tenham despachado números respeitáveis de cópias – 3,04 milhões e 1,22 milhões, respectivamente -, a Nintendo atribui a baixa lucratividade à falta de títulos “como Pokémon Omega Ruby/Pokémon Alpha Sapphire e Super Smash Bros.” durante o último ano fiscal.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Trata-se, afinal, dos títulos que fizeram a diferença no portátil da companhia, “energizando todo o negócio do 3DS durante o ano fiscal anterior”. Seja como for, o Wii U contou com Splatton (4,27 milhões de unidades vendidas) e com Super Mario Maker (3,52 milhões de unidades) – e a Big N segue otimista em relação a The Legend of Zelda: Twilight Princess HD, que “teve um bom início”.

Super Smash Bros.

Também para o console, Fire Emblem Fates despachou 1,84 milhão de unidades ao redor do mundo, vendendo mais cópias fora do que dentro do Japão (algo curioso para a franquia).

3DS e Wii U

O relatório também lista o número de consoles vendidos pela japonesa durante o último ano fiscal. Segundo o documento, o 3DS vendeu 6,79 milhões de consoles e 48,52 milhões de títulos durante o período. Já o Wii U vendeu 3,26 milhões de consoles e 27,36 milhões de jogos.

Enfim, pelo menos um lançamento de peso deve demorar a fazer a diferença nas contas, já que a companhia anunciou que o novo The Legend of Zelda para o Wii U não deve chegar antes de 2017 – a fim de conduzir “melhorias na qualidade” do jogo -, embora Fire Emblem e Animal Crossing tenham sido confirmados em suas versões para smartphones. Ademais, 2017 também será o ano de chegada do próximo console da fabricante, o ainda vago Nintendo NX.

Nintendo NX

Fonte: Nintendo

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.