Nintendo encerra produção do New Nintendo 3DS em todo o mundo

Por Redação | 17.07.2017 às 12:05

Após alguns dias de especulações e notícias desencontradas, a Nintendo confirmou que está encerrando a fabricação do New Nintendo 3DS em todo o mundo. A informação surgiu, primeiro, por meio do braço da companhia no Japão e, agora, foi confirmada também por suas representantes nos EUA e Europa. A notícia, entretanto, não afeta o restante da linha do videogame.

Como são diversas as versões, é importante deixar claro que, aqui, estamos falando da versão em tamanho convencional, anunciada em 2014 e lançada no final daquele ano. Com processador mais potente, botões adicionais e até alguns jogos exclusivos, essa edição chegou às lojas junto com o New Nintendo 3DS XL, de tela maior, que não está sendo afetado pela descontinuação.

O New Nintendo 3DS, descontinuado pela fabricante.

Apesar de não ter deixado isso claro em seu comunicado, a ideia da Nintendo é focar nos segmentos de mercado que mais estão dando resultados. A diferença entre as duas versões do New Nintendo 3DS se dá em números absurdamente distintos – na semana do anúncio do fim da produção, por exemplo, a versão convencional vendeu apenas 303 unidades no Japão, enquanto o irmão maior teve mais de 10 mil unidades comercializadas.

Há de se levar em conta, também, o lançamento segmentado. Nos Estados Unidos, por exemplo, o New Nintendo 3DS nem mesmo era vendido nas lojas, tendo chegado apenas em edição especial na época do lançamento da versão XL. Na Europa e Japão, entretanto, eles estavam disponíveis de forma mais ampla, mas ainda assim era difícil encontrar unidades à venda devido à maior popularidade da edição de tela grande, o que já indicava que menos unidades estavam sendo fabricadas pela Nintendo.

Agora, o New Nintendo 3DS XL passa a ser o modelo padrão para a oferta de portáteis da empresa, enquanto sua versão convencional permanece sendo vendida enquanto durarem os estoques. Em 28 de julho, a família será ainda mais expandida com a chegada do 2DS XL, também acompanhado de uma edição de display menor.

A Nintendo também evitou o assunto, mas ao apresentar números, deixou claro que a saúde da linha vai muito bem. Desde a chegada das primeiras versões às lojas, em 2011, o 3DS já teve mais de 12 milhões de unidades vendidas em todo o mundo. Mesmo com a chegada do Switch, que também faz o papel de portátil, a companhia deixa claro que seu console de mão continuará ativo por, pelo menos, mais alguns anos.

Fonte: MCV