Ninguém está jogando Call of Duty: Infinite Warfare no Win 10

Por Redação | 08 de Novembro de 2016 às 21h21
photo_camera Divulgação

Call of Duty: Infinite Warfare chegou ao mercado na última sexta-feira (04), mas parece que o novo título de uma das mais populares franquias de multiplayer é uma terra desolada com pouquíssimos jogadores, pelo menos quando se trata do PC. Tanto que, no caso do Windows 10, a Microsoft está reembolsando jogadores porque o game está com baixo número de jogadores online.

O novo Call of Duty não tem compatibilidade entre os ecossistemas de jogadores que compraram o game na Steam e os que compraram na loja do Windows 10, um dos fatores que complicaram a situação.

Segundo o site Windows Central, o mais curioso de tudo é que não foi a Microsoft que tomou esta decisão, de olho em conquistar um sucesso para trazer mais usuários para sua plataforma de venda de jogos. O "erro" foi da própria Activision, publisher de Call of Duty: Infinite Warfare.

De acordo com jogadores que cometeram o infortúnio de adquirir o título na loja do Win 10, o máximo que muitos encontraram em listas para partidas de team deathmatch - um dos modos mais populares em qualquer jogo de tiro - não passavam de três ou quatro jogadores, quando é possível ter até 32 pessoas simultaneamente.

No caso do Steam, embora os números não sejam os mais atraentes, pelo menos um número decente de jogadores estão online, algo em torno de 5 mil pessoas. De qualquer forma, é uma quantia baixa comparada com os recordes de estreia estabelecidos por títulos anteriores da franquia.

Para complicar, outros títulos de tiro e multiplayer em primeira pessoa, como o altamente elogiado Battlefield 1 e Titanfall 2, saíram poucas semanas antes de Infinite Warfare, o que pode ter afetado ainda mais os números de venda do game da Activision.

Fonte: VG247

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.