NES Classic Edition esgota e tem gente pagando US$ 500 no eBay

Por Redação | 11 de Novembro de 2016 às 21h39

Parece que o grande lançamento de videogame desta semana não foi o Playstation 4 Pro, da Sony, e sim o NES Classic Edition, aquele console que é uma miniatura do clássico Nintendinho 8-bits dos anos 80. A procura foi tanta que o videogame já está esgotado e tem gente vendendo ele no eBay por US$ 500 - detalhe: o preço oficial dele é US$ 60.

Segundo informações de lojistas, as remessas recebidas não passaram do meio-dia nas prateleiras. Em grandes cadeias como Target, Walmart, Gamestop e Best Buy, cada loja recebeu cerca de seis unidades apenas. A procura foi tão acentuada que em lojas físicas do Best Buy, compradores fizeram filas por volta das 6h30 da manhã para garantir o console.

Em lojas eletrônicas como Amazon, todo o estoque recebido foi vendido em cerca de dois minutos, e pela hora seguinte, devido a picos de visitação em função da alta procura, ele sofreu diversas quedas de acesso.

Com a alta procura, alguns dos que tiveram a sorte de conseguir um NES Classic Edition resolveram tirar um lucro em cima disso, colocando altas margens em cima do console de US$ 60. E bota alta margem nisso: algumas listagens colocavam o mini NES por US$ 1 mil, e diversos estavam sendo vendidos por valores de US$ 200 a US$ 300.

Mas como tem louco para tudo, teve um comprador que pagou absurdos US$ 500 - um lucro de mais de 800% - para garantir o seus videogame retrô na semana de lançamento. E caso a Nintendo não reponha rapidamente os estoques, pode ter gente pagando mais.

Por falar em reposição de estoque, a Nintendo divulgou uma nota comentando o rápido esgotamento do produto nas lojas. "O NES Classic Edition é um item de alta procura e estamos trabalhando duro para acompanhar a demanda do consumidor. Haverão remessas constantes de consoles adicionais durante a temporada de compras de fim de ano e no próximo ano", destacou a empresa japonesa.

O NES Classic Edition conta com 30 grandes clássicos instalados na memória e saída de vídeo HDMI, embora os jogos não sejam em alta definição. A Nintendo não tem representação no Brasil, portanto, só importando para ter um por aqui.

Fonte: Techtimes, GeekWir

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.