Miitomo, o jogo mobile da Nintendo, coleta mais dados pessoais que o Facebook

Por Redação | 22.04.2016 às 08:15

Quando se fala de colher dados pessoais dos usuários de internet, o Facebook sempre aparece como um dos principais vilões. Agora, porém, a rede social ganhou um concorrente de peso: Miitomo, o primeiro jogo mobile da Nintendo.

Na verdade, o título é uma mistura de rede social com jogo, no qual o usuário cria um avatar e adiciona seus amigos que também jogam games da Nintendo. A partir daí o programa começa a fazer perguntas aleatórias para o usuário, nada sério, coisas casuais como "Que tipo de música você gosta de ouvir?" ou "Qual seu exercício favorito", "Você prefere outono ou inverno?". Assim, Miitomo coleta várias informações pessoais do jogador, que acaba respondendo às perguntas sem nem perceber.

É importante ter em mente que dados pessoais são diferentes de dados privados. Informações privadas são coisas que você não quer que outros saibam, como senha do cartão de crédito ou notas na faculdade. Dados pessoais, por outro lado, são coisas que você não se importa de compartilhar, como qual sabor de sorvete você prefere.

A novidade aqui é que não existe uma maneira efetiva de colher dados pessoais, sendo o jogo da Big N um tipo de pioneiro no campo. Atualmente, informações pessoais são registradas de maneira demográfica ou comportamental, geralmente por meio de pesquisas de senso.

Em curto prazo, a coleta de dados pessoais pelo jogo pode não significar nada, mas daqui a algum tempo ela pode ditar tendências em marcas e parcerias efetuadas pela empresa japonesa. É esperar para ver.

Via Venture Beat