Microsoft é acusada de demitir funcionários do Xbox e trocá-los por voluntários

Por Ramon de Souza | 31 de Maio de 2018 às 08h55
Divulgação

A divisão de jogos da Microsoft acaba de se envolver em uma fria. A empresa está sendo acusada de demitir cerca de 12 funcionários que atuavam na área de suporte ao consumidor do Xbox e substituí-los por um número maior de Xbox Ambassadors, que nada mais são do que voluntários que recebem recompensas esporádicas por ajudar o time “oficial” a sanar as dúvidas dos clientes.

A informação, obtida pelo site Polygon, veio de duas fontes supostamente afetadas pelo corte. Os denunciantes afirmam que, pouco antes de serem dispensados, foram orientados a aumentar o número de Ambassadors e treiná-los da melhor forma possível. Os empregados em questão eram terceirizados (embora trabalhassem no escritório da Microsoft) e atuavam principalmente pelo perfil do Twitter, o @XboxSupport.

Ao Polygon, a companhia se recusou a falar sobre qualquer demissão em massa, limitando-se a dizer que ela “continua a ter um número de agentes de suporte altamente treinados, tal como uma comunidade de embaixadores, disponíveis para ajudar os clientes em suas necessidades”. A agência responsável pelos empregados terceirizados também se recusou a dar entrevista para o site.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte: Polygon

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.