Microsof Mixer permitirá que streamers e seus espectadores joguem juntos

Por Redação | 30 de Outubro de 2017 às 19h19
Google

Com intuito de melhorar a comunicação e a interação entre streamers de games e seus espectadores, a Microsoft está investindo pesado em sua plataforma Mixer, que promete uma interface fácil de operar para encorajar o surgimento de novos broadcasters de jogos.

Segundo pesquisa realizada pela SuperData Research, mais de 600 milhões de pessoas ao redor do mundo consomem algum tipo de conteúdo livestream. Ben Favreau, Gerente de Marketing de Produtos da Mixer, afirmou que essas audiências se tornaram muito significativas e não podem ser ignoradas. 

Visando ganhar uma fatia do mercado que já é explorado atualmente pela Twitch e pelo YouTube, Ben afirma que o serviço da Mixer será mais rápido do que os ofertados pelas rivais de mercado, pois utiliza o protocolo patenteado conhecido como Faster Than Light (FTL), que permite latências menores, o que resulta em diminuição do lag tanto no jogo em si como também na comunicação entre broadcaster e espectadores através do chat. "Você pode acompanhar o stream e o gameplay ao mesmo tempo, e você verá que a latência é menor que um segundo", disse Favreau.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O Gerente de Marketing afirmou também estar muito animado para ver as modificações no gameplay de Minecraft, que ganhará novas características com a possibilidade de os espectadores gerarem hordas de inimigos e fornecer aos streamers uma infinidade de armas para lutar contra eles, por exemplo.

Os desenvolvedores de jogos podem criar customizações em seus games que permitam os espectadores interagir de novas formas com os broadcasters usando poucas linhas de código a mais. Na demonstração com o jogo Minecraft, Favreau mostrou uma variedade de botões no canto direito da tela durante uma stream: os espectadores podiam enviar como presente itens como a armas, que apareciam quase instantaneamente na mão do personagem na tela, provando eficácia da tecnologia que promete mais agilidade na interação.

Fonte: VentureBeat

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.