Mais de 100 jogos estão sendo desenvolvidos para o PlayStation VR

Por Redação | 07.01.2016 às 12:32

Em entrevista à BBC, o CEO da Sony, Kazuo Hirai, revelou uma informação que deve animar os futuros compradores do PlayStation VR. De acordo com o executivo, dezenas de desenvolvedores trabalham em mais de 100 títulos para os óculos de realidade virtual do PS4. Contudo, o chefão da fabricante japonesa não revelou quantos desses jogos estarão disponíveis quando o aparelho chegar às lojas, data esta que ainda não foi anunciada pela empresa.

Embora não tenha divulgado maiores detalhes, saber que mais de uma centena de games estão a caminho do PlayStation VR é uma notícia e tanto, principalmente pelo fato da indústria de realidade virtual ter começado a dar seus primeiros passos rumo ao consumidor final só agora. Em dezembro, durante o evento PlayStation Experience, a companhia revelou alguns jogos que serão compatíveis com o headset. Entre eles estão Ace Combat 7, Golem, Rez Infinite, Dead Secret, Eagle Flight e Job Simulator.

A maior incógnita ainda é o preço do dispositivo, que não foi revelado durante a conferência da Sony na CES 2016, que está acontecendo nesta semana em Las Vegas, nos Estados Unidos. Segundo a empresa de análises de mercado SuperData, a estimativa é que o acessório custe entre US$ 400 e US$ 600, valor equivalente a um console de nova geração nos Estados Unidos.

Esse também é o valor que bate com as afirmações da própria Sony. Andrew House, CEO da Sony Computer Entertainment, disse em setembro do ano passado que o PlayStation VR deve ser vendido pelo "preço de uma nova plataforma de jogos" - mesmo sem especificar se essa plataforma seria correspondente a um PS4, PS3 ou PS Vita.

Em todo caso, oferecer o gadget por menos de US$ 600 aumentaria a concorrência com o Oculus Rift, cujo preço de US$ 599 foi confirmado nesta quarta-feira (6). Ao que tudo indica, o produto está fazendo sucesso, pois o envio de novas unidades agora começa depois de abril (antes era março). Contudo, muita gente lá fora reclamou do custo elevado do dispositivo. Neste caso, a Sony poderia tomar a dianteira e se beneficiar caso venda o PlayStation VR por um preço inferior, tal como aconteceu na E3 2013, quando a companhia anunciou que o PS4 custaria US$ 100 a menos que o Xbox One.

Mercado promissor

A SuperData estima que a indústria de realidade virtual movimentará US$ 5,1 bilhões em 2016 com a venda de aparelhos da categoria. De acordo com a entidade, esse valor será alcançado graças ao número de pessoas que se tornarão adeptas da tecnologia neste ano: 39 milhões. Em primeiro lugar aparece a Europa, que deve gerar US$ 1,9 bilhão do montante total, seguida pela América do Norte (US$ 1,5 bilhão) e Ásia (US$ 1,1 bilhão). O restante do mundo deve responder por US$ 600 milhões.

No ano que vem, essa quantia deve subir para US$ 8,9 bilhões e em 2018 para US$ 12,3 bilhões. Para efeito de comparação, no ano passado, esse mercado gerou "apenas" US$ 660 milhões.

Fontes: BBC, SuperData