Konami pode parar produção de jogos para consoles e deixar apenas PES na ativa

Por Redação | 18 de Setembro de 2015 às 12h20

Os rumores de que a Konami estaria prestes a abandonar o mercado de consoles para se concentrar apenas em games para dispositivos móveis e máquinas de Pachinko ganham mais força. Afinal, um novo boato afirma que a empresa vai encerrar a produção de todos os seus jogos, mantendo viva apenas a série Pro Evolution Soccer.

De acordo com o site Eurogamer, o recente Metal Gear Solid V: The Phanton Pain foi o último grande lançamento da empresa e que, a partir de então, todas as suas demais franquias vão ser deixadas de lado. Mais do que isso, a própria empresa vai deixar de olhar para os video games com o mesmo carinho para migrar de vez para os mobiles, mantendo apenas uma equipe responsável pelo título esportivo.

E, embora isso tenha pegado muita gente de surpresa, a verdade é que essa é uma realidade que há tempos vinha se desenhando. Games como Contra e Bomberman já estão desaparecidos há algumas gerações e não vemos um novo Castlevania e Silent Hill há anos.

Além disso, não foram poucas as vezes que ouvimos a empresa comentar que o seu novo foco é mesmo o mercado mobile. Toda a polêmica envolvendo a produção de Metal Gear Solid V foi um claro sinal disso, uma vez que fontes internas revelavam que os executivos estavam insatisfeitos com a demora no desenvolvimento e principalmente com todos os custos envolvidos.

Pro Evolution Soccer

Assim, a escolha por manter apenas Pro Evolution Soccer na ativa é bastante compreensível, uma vez que ele exige muito pouco na produção de novos conteúdos a cada ano e ainda arrasta milhões de fãs a cada lançamento. Por outro lado, fica a dúvida se esse empenho cada vez menor em consoles também não vai representar uma redução nos investimentos para que a série PES continue se atualizando.

Parte dessa preocupação está exatamente na recente saída do diretor da Fox Engine e estrategista técnico, Julien Merceron. Como o motor gráfico feito para Metal Gear Solid V também era usado no jogo de futebol, o adeus de Merceron pode ter reflexos dentro do game. É preciso atualizar e desenvolver o motor gráfico todos os anos para melhorar a jogabilidade, adicionar recursos e otimizar seu desempenho e, se isso não for feito, PES pode entrar em uma mesmice bastante perigosa — principalmente com FIFA apostando em novas possibilidades, como seleções femininas.

Segundo o site francês GameBlog, o executivo deixou o cargo por conta de sua insatisfação com os rumos tomados pela Konami. A página afirma que ele não concordava com essa transição para títulos mobile e, por isso, pediu as contas.

Assim, se os rumores forem mesmo reais, pode dizer adeus ao sonho de ver um novo Silent Hill ou mesmo um Castlevania nos próximos anos. A própria série Metal Gear deve desaparecer após o lançamento de Metal Gear Online, o que deve acontecer já no próximo dia 6 de outubro. Depois disso, é só gol e lágrimas.

Via: GameBlog, VG24/7, Eurogamer, MCV UK

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.