Jovem é preso depois de usar PlayStation para atividades terroristas

Publieditorial | 28 de Maio de 2015 às 13h24
photo_camera Divulgação

A maioria dos adolescentes usa o seu videogame para se divertir, claro, mas um jovem austríaco acabou usando o seu console para finalidades que fizeram a polícia ficar alerta.

O garoto de 14 anos e de suposta cidadania turca teve o seu PlayStation investigado e, depois da análise, foi descoberto que ele estava fazendo download de informações sobre como fabricar bombas caseiras. O jovem se declarou culpado das acusações de terrorismo e pegou pena de dois anos em uma corte de Viena, capital da Áustria. Porém, 16 meses da pena foram suspensos e o restante será gasto em um centro de detenção juvenil.

Segundo os promotores, além das buscas por informações sobre a fabricação de bombas, o jovem ainda teria entrado em contato com militantes que apoiam o Estado Islâmico, organização terrorista com sede na Síria e no Iraque. O tribunal afirmou que o plano do garoto era detonar bombas caseiras em locais no próprio país.

A sua detenção aconteceu em outubro do ano passado e, de acordo com os policiais, o adolescente ainda fez investigações concretas sobre a compra dos ingredientes e tinha a intenção de explodir as bombas em locais públicos, como a Vienna Westbahnhof, uma das principais estações de trem da cidade.

O advogado responsável pela defesa do jovem, Rudolf Mayer, afirmou que a ideia era apenas uma brincadeira. Obviamente o tribunal recusou a justificativa.

Via: Digital Trends

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.