Jogador profissional de League of Legends é multado por usar linguagem racista

Por Redação | 11.10.2016 às 13:22

O jogador profissional de League of Legends Hankil "Road" Yoon foi suspenso por uma partida e multado em US$ 2.000 após fazer comentários racistas sobre outro gamer durante o Campeonato Mundial de LoL.

Yoon é Support do time I May, da China, e sua suspensão foi anunciada antes do jogo da fase de grupos no último sábado (08). No entanto, a conduta antidesportiva aconteceu no dia 19 de setembro, quando o sul-coreano se referiu de forma pejorativa à outro jogador coreano.

Essa não é a primeira vez que Yoon está envolvido em casos polêmicos. De acordo com a desenvolvedora Riot Games, os logs dos chats de diversas paridades disputadas por ele revelaram "casos de toxicidade moderada, incluindo xingamentos e insultos a companheiros de equipe". Para se ter uma ideia, em uma conta na Coreia do Sul, o cyber-atleta teve reclamações em 22 das 168 partidas que disputou, entre os dias 23 de agosto e 23 de setembro.

Hankil

Hankil "Road" Yoon (Foto: Divulgação)

Algumas conversas em que Yoo dizia que Henrik "Froggen" Hansen, Lid Laner do Echo Fox, iria morrer durante uma partida também foram vazadas. Por meio de um post no Facebook, o sul-coreano se defendeu dizendo que seu inglês é muito fraco e tudo não passou de um mal-entendido. " "As palavras 'go die' que eu disse eram para alertar que ele tinha muitas mortes e que toda vez que ele ia para o mid, iria ser gankado e morrer", escreveu Yoon.

A suspensão do jogador aconteceu antes de um jogo crucial durante o último final de semana no Campeonato Mundial de League of Legends. No entanto, o I May conseguiu vencer o Flash Wolves mesmo sem o gamer encrenqueiro.

Via Mashable