Harry Potter: Mistérios de Hogwarts sofre críticas pesadas por microtransações

Por Jessica Pinheiro | 03 de Maio de 2018 às 13h59

De acordo com a Eurogamer, o recém-lançado free-to-play Harry Potter: Mistérios de Hogwarts estaria, além de atribuindo muitas microtransações à jogatina, também oferecendo preços variados para diferentes usuários. Todavia, esta seria uma suposta segunda fase de teste A/B, com preços originais e com descontos aparecendo para os jogadores.

O teste A/B significa que duas versões de algo são apresentadas para os usuários. Neste caso, seriam os preços das microtransações do aplicativo. O intuito é ver qual das opções possui um desempenho melhor. Depois das críticas ao método, porém, os preços dos itens parecem estar menores. Desta forma, comprar 130 gems do game, que antes era possível encontrar por 99 pence ou £ 4,99 (R$ 4,78 ou R$ 24,09, respectivamente), pode passar a custar 0,79 pence ou £ 2,99 (R$ 3,81 ou R$ 14,43).

Isto, todavia, estaria supostamente aparecendo apenas para alguns usuários, enquanto outros não estão recebendo desconto algum. O método de monetização dentro do game mobile por si só já atraiu alguma polêmica, especialmente porque existem relatos de alguns jogadores de que é impossível passar de algum evento dentro do jogo sem gastar dinheiro no mundo real.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Além disso, o título parece estar desagradando os fãs mais fervorosos da franquia com algumas inconsistências nos acontecimentos da história principal. Harry Potter: Mistérios de Hogwarts já está disponível para iOS e Android, e conta com a participação de alguns atores e atrizes dos filmes reprisando seus papéis, dando voz aos personagens que já interpretaram nas telonas, dentro do game.

Fonte: IGN

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.