Hackers instalam Linux em um PlayStation 4

Por Redação | 31 de Dezembro de 2015 às 13h40
photo_camera Divulgação

O grupo de hackers fail0verflow anunciou nesta semana que conseguiu fazer uma instalação completa de um sistema Linux dentro do PlayStation 4. Apesar de revelar poucos detalhes sobre o processo que levou à instalação do sistema livre dentro do console da Sony, aparentemente a equipe explorou uma falha no sistema Orbis OS, desenvolvido pela companhia japonesa para rodar em sua plataforma de jogos.

Assim, eles identificaram uma possibilidade na GPU do PS4 e puderam dar sequência ao hack. Contudo, vale lembrar que a falha foi explorada em uma versão antiga do firmware do PlayStation 4 — os hackers usaram a versão 1.76 enquanto a Sony liberou recentemente a versão 3.11 para os seus aparelhos. Contudo, ainda não está descartada a possibilidade de o feito ser repetido em versões atualizadas do sistema.

Nas imagens divulgadas pelos hackers é possível ver um desktop de Linux e um game de Pokémon sendo rodado. O WebKit que permitiu o acesso dos hackers ao núcleo do console e o hacking foi o mesmo identificado no Safari, o navegador da Apple, em 2013. Na época, a falha deixou expostos aparelhos da Maçã que tivessem rodando as versões 6.0 do iOS e 10.7 e 10.8 do Mac OS X.

O feito do fail0verflow não significa que em breve será possível rodar jogos pirateados no PlayStation 4, mas, sem dúvida, é um avanço nesta direção. Não é a primeira vez que um desbloqueio é feito na plataforma da Sony, feitos semelhantes já foram noticiados em dezembro de 2013 e também na metade deste mês. Entretanto, o caminho para um desbloqueio definitivo é longo, afinal a Sony exige que a plataforma esteja sempre com a versão mais recente do firmware para rodar jogos.

Fonte: VentureBeat

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.