Evento suspende prêmio a fundador da Atari após acusações de assédio

Por Redação | 01 de Fevereiro de 2018 às 12h44
Tudo sobre

Atari

Nolan Bushnell, fundador da Atari e um dos pioneiros da indústria de videogames, não vai mais receber um prêmio honorário pelo conjunto de sua obra. Ele seria homenageado, em março, no Game Developers Choice Awards, uma cerimônia criada por associações de desenvolvedores de jogos para premiar os maiores destaques da indústria.

A mudança veio após uma série de denúncias de assédio, que surgiram após o anúncio de que Bushnell iria receber o “Pioneer Award”, honraria dada anualmente a pioneiros do mercado. Usando a hashtag #notnolan, ou “nolan não”, usuários de redes sociais chamavam a atenção para histórias de assédio sexual protagonizadas pelo fundador da Atari, ainda nos idos da indústria, e publicamente conhecidas por meio de livros e até mesmo declarações próprias.

Entre as histórias lembradas na campanha estão uma entrevista dada por Bushnell à revista Playboy em que ele conta ter chamado um protótipo de Pong, um dos jogos mais importantes de todos os tempos, de Darlene, em referência a uma funcionária “de cintura fina”. Em outro caso, o fundador da empresa é citado realizando reuniões de diretoria em banheiras de água quente, incentivando colaboradoras da Atari a se unirem aos executivos durante os encontros.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Em resposta, a organização do Game Developers Choice Awards disse que o comitê responsável pela escolha dos honrados pelo Pioneer Award desconheciam o histórico de Bushnell. Por causa disso, a homangem a ele seria cancelada, com o evento, agora, buscando honrar “vozes pioneiras e desconhecidas do passado”. Um substituto ainda não foi anunciado.

Horas depois do anúncio, o próprio Bushnell se pronunciou. Em declaração feita pelo Twitter, ele saudou a organização do evento por “refletir o que é certo, principalmente em relação a como as pessoas precisam ser tratadas em local de trabalho”. Ele também pediu desculpas se suas ações ofenderam antigos colegas de trabalho ou membros da indústria, afirmando ainda que o mercado, como um todo, precisa mesmo ser mais consciente com relação a esse tipo de conduta.

Nolan Bushnell já esteve no Brasil algumas vezes, participando de eventos como a Campus Party e a Brasil Game Show. Ele esteve, inclusive, na última edição da BGS, entrando para o Hall da Fama do evento ao lado de nomes como Hideo Kojima, criador da série Metal Gear; Ed Boon, o homem por trás de Mortal Kombat; e Phil Spencer, um dos principais executivos da marca Xbox.

Fonte: GDC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.