Entenda por que você precisa estar sempre online no novo Need for Speed

Por Redação | 10.08.2015 às 12:15

Ainda que o novo Need for Speed esteja sendo bastante aguardado pelos fãs por ser um retorno a tudo aquilo que os jogadores sempre amaram na série, o novo game também carrega suas incertezas. A obrigatoriedade de uma conexão à internet é um desses pontos que ainda deixa muita gente preocupada com os problemas que isso deve trazer. E, para acalmar os ânimos mais exaltados, a Electronic Arts decidiu explicar por que devemos nos interessar por estar sempre online no jogo.

No perfil do jogo no Twitter, a empresa afirmou que manter o game conectado vai permitir que os seus amigos façam parte da sua experiência narrativa. E, levando em conta que um dos critérios de pontuação que a EA revelou é o trabalho em equipe, a explicação até que faz sentido e justifica por que precisamos da internet para correr.

Além disso, em uma entrevista recente à Official Xbox Magazine, o produtor executivo do novo Need for Speed comentou um pouco mais sobre essa necessidade e disse que somente assim as melhorias apresentadas pela Ghost Games fariam sentido. Segundo Marcus Nilsson, o Autolog é algo que já estava presente nos jogos anteriores e que agora ganha uma importância ainda maior, principalmente ao fazer com que o jogo dos seus amigos seja parte do seu próprio.

Need for Speed

No entanto, até o momento nem o estúdio nem a EA comentaram exatamente como essa integração vai funcionar na prática, tampouco como tudo isso vai influenciar o jogo em si. Nos games anteriores, por exemplo, a integração com o Autolog servia muito mais para você comparar resultados do que realmente trazer algo de peso para a experiência do game.

E, enquanto as respostas não vêm, Nilsson traz mais alguns detalhes que justificam a exigência de estar sempre online em Need for Speed. O produtor explica que também há um novo sistema de snapshot no qual você pode compartilhar suas fotos dentro de uma espécie de rede social interna do jogo e converter as curtidas em dinheiro para ser gasto com seu carro.

Apesar de pouco convencional, a ideia é realmente boa. Com esse novo recurso, a EA consegue não apenas justificar a existência de uma rede interna em seu jogo como incentiva os pilotos a compartilharem imagens de suas corridas e alguns de seus feitos. Como a base do game gira em torno de reputação, faz todo o sentido a popularidade dessas imagens influenciar na economia interna do título.

Isso é o suficiente para justificar uma conexão constante à internet? Difícil dizer, mas não há como negar que a EA e a Ghost Games estão se empenhando em fazer com que essa exigência faça sentido — e, até o momento, trouxeram boas razões para isso. Pelo menos, melhor do que muito jogo que faz a mesma por aí.

Need for Speed chega ao PC, PlayStation 4 e Xbox One no dia 3 de novembro.

Via: Games Radar, Digital Trends