Emulador de GameCube finalmente roda todos os jogos da plataforma

Por Redação | 08 de Setembro de 2016 às 16h56

A complexidade cada vez maior de jogos e consoles faz com que os emuladores tenham um trabalho mais complicado pela frente. Prova disso é que, mais de dez anos depois de seu lançamento original, apenas agora o Dolphin, emulador de Nintendo GameCube, é capaz de rodar todos os títulos lançados para a plataforma.

O software já era bastante funcional há algum tempo, é verdade. Entretanto, um único título estava faltando para que a relação de jogos estivesse completa. Antes da atualização liberada nesta semana, Star Wars: The Clone Wars simplesmente não funcionava no emulador, causando travamentos e falhas que o tornavam injogável.

Agora, entretanto, essa questão foi corrigida, algo que, de acordo com os desenvolvedores, exigiu um tortuoso redesenho de praticamente todo o código que permite ao Dolphin funcionar. O problema estava na maneira como o título da finada LucasArts lidava com o gerenciamento de memória do GameCube original, um sistema ainda incompatível com o software, mas que agora funciona normalmente.

Com o redesenho de todo o software, os responsáveis pelo Dolphin afirmam também que melhorias ocorreram em praticamente todo o seu funcionamento. Os títulos, agora, podem ser carregados mais rapidamente e apresentam algumas melhorias gráficas. Por outro lado, como todo software em desenvolvimento, travamentos e bugs podem ocorrer aqui e ali, e é por isso que, apesar de a lista de jogos estar completa, os responsáveis pelo emulador dizem que o trabalho continua.

O trabalho também envolveu um cuidado com as questões legais, de forma que todo o código do Dolphin tenha sido escrito do zero, e seja completamente original. Sendo assim, por mais que a Nintendo desaprove e até tente tirar o emulador do ar, ela simplesmente não tem base legal para fazer isso, uma vez que a existência do software, por si só, não infringe lei alguma.

Além de rodar jogos do GameCube, o Dolphin também é capaz de executar títulos do Nintendo Wii. Em ambos os casos, os desenvolvedores recomendam o uso dos discos originais, já que baixar os títulos pela internet, isso sim, é pirataria e uma prática que não é incentivada pelos responsáveis pelo software.

Fonte: Dolphin

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.