EA está cautelosa em relação à criação de jogos para realidade virtual

Por Redação | 18 de Novembro de 2015 às 08h36

A Electronic Arts (EA Games) não quer pagar para ver o que o futuro reserva para o mercado de games no que diz respeito à realidade virtual (RV). A desenvolvedora está planejando esperar e ver o quão bem a RV vai se sair antes de mergulhar no segmento.

O diretor financeiro da EA, Blake Jorgensen, disse que a editora vai esperar até que o mercado de realidade virtual atinja um determinado tamanho antes de começar a desenvolver e lançar jogos para ela. Ele compara a pequena base inicial de usuários de RV com a do Wii, Wii U e PlayStation Vita, dizendo que a EA deixou de criar conteúdo para essas plataformas porque seus mercados não são suficientemente grandes.

"Eu acho que a realidade é que, entre os próximos um e três anos, isto provavelmente vai levar algum tempo para conquistar um lugar considerável no mercado e você pode ver usos alternativos para a realidade virtual chegarem antes dos jogos", disse Jorgensen. "Em longo prazo, daqui a mais de cinco anos, eu acho que certamente haverá um mercado e esta será uma maneira emocionante de desfrutar os jogos", completou.

Enquanto a EA está com o pé atrás com a realidade virtual, o time de Resident Evil está desenvolvendo uma engine para jogos de RV. A Capcom é uma das mais interessadas em abraçar o formato e já confirmou estar trabalhando na criação de um novo motor gráfico voltado para isso.

Via MCV

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.