Desenvolvedores de Battlefield dizem que novo Call of Duty tem gráficos de 2010

Por Redação | 02.05.2016 às 20:21
photo_camera Divulgação

Fãs de Call of Duty comemoraram nesta segunda-feira (2) o anúncio do novo jogo da franquia, Infinite Warfare, que será lançado em novembro deste ano. O primeiro trailer, como o título já sugere, mostra guerras futuristas em todo o nosso Sistema Solar. Só que o pessoal da DICE não ficou impressionado com o game, que está sendo desenvolvido pela Infinity Ward.

Para quem ainda não associou o nome, a DICE é o estúdio responsável pela série Battlefield, uma das principais concorrentes de CoD. Acontece que alguns desenvolvedores da companhia comentaram no Twitter sobre o trailer de Ininite Warfare, e as reações dividiram opiniões entre jogadores das duas franquias.

Roland Smedberg, editor de mídia e vídeo da DICE, chamou o novo Call of Duty de velho por ter gráficos ultrapassados para um jogo atual. "Hoje eu assisti ao trailer do novo COD. Como ele é excêntrico! Esses tiros bonitinhos em câmera livre, gráficos de 2010 e edição de escola primária! Excêntrico!", disse.

Randy Evans, um dos desenvolvedores do próximo Battlefield, afirmou que Infinite Warfare "parece um jogo de dez anos atrás". E Julian Manolov, engenheiro da DICE, declarou que o trailer possui muita computação gráfica, mas nenhum gameplay. "Três minutos e meio de CG. Alguém tem um link que mostre [como é] o jogo?", postou.

Fora a cutucada no título rival, Smedberg prometeu que a internet vai "fritar" com a revelação do novo Battlefield, marcada para esta sexta-feira (6). Rumores indicam que o título será ambientado na Primeira ou Segunda Guerra Mundial, o que tornaria o enredo do game o oposto de Infinite Warfare, que se passa no futuro.

Além disso, a próxima geração de GPUs da NIVIDA, conhecida pelo codinome "Pascal", deve ser anunciada nesta semana. Seu lançamento estaria agendado para uma época próxima de Battlefield 5 (ou seja lá como o título vai se chamar), o que justificaria o comentário de Smedberg de que os usuários vão se surpreender com o novo jogo. Isso no quesito visual, pois o game poderia aproveitar as novas placas da NIVIDA para mostrar alguns potenciais, entre eles a resolução 4K.

Muitas dessas mensagens postadas no Twitter foram apagadas horas depois, uma vez que dezenas de usuários se envolveram na treta levantada pelos funcionários da DICE. Como destaca Tom Polanco, do site Geek, não é muito comum que os desenvolvedores de um determinado estúdio critiquem publicamente o trabalho de profissionais de outras empresas.

Fato é que o próprio Smedberg afirmou que seus comentários representam "uma opinião pessoal" dele mesmo, e que o que importa mesmo é uma "competição amigável" entre as produtoras. De qualquer forma, vamos esperar até o dia 6 de maio, quando irão surgir as primeiras comparações – gráficas e de gameplay – entre Call of Duty: Infinite Warfare e Battlefield 5.

Fontes: Geek, Tech Power Up