'Dead or Alive Xtreme 3' terá versão free-to-play

Por Redação | 16.05.2016 às 12:55

A Tecmo Koei parece ter gostado da ideia de lançar seus títulos de forma gratuita, mas limitada, para os consoles da Sony. Depois da mais recente iteração de seu jogo de luta, a empresa anunciou a chegada free-to-play de Dead or Alive Xtreme 3, spin-off que traz as lutadoras da franquia de maneira bem mais relaxada, e longe da violência dos combates da série principal.

Se nela o mote é a porradaria, aqui, estamos em um resort, e com atividades relacionadas. As personagens podem se divertir em partidas de vôlei de praia, escalada, corridas, gincanas e brincadeiras, além de contar com um modo de gerenciamento de ilhas e também de encontros, onde podem levar as personagens em saídas românticas. Tudo, claro, trazendo um foco muitas vezes constrangedor nos atributos físicos das moças.

A versão free-to-play traz todas as atividades disponíveis na edição completa, mas permite o uso de apenas uma personagem, Kasumi. A ninja presente desde o primeiro título da franquia pode ser utilizada em todos os modos, mas possui apenas uma opção de trajes de banho. Como em todo título freemium, Dead or Alive Xtreme 3 vai permitir a compra individual de protagonistas e itens, mas a Tecmo Koei informa que, dependendo da quantidade de artigos, vale mais a pena optar pela versão completa.

Disponível para PlayStation 4 e PS Vita, o título traz ainda algumas funcionalidades exclusivas do console de mesa. É o caso de uma “física aprimorada” nos seios das personagens, além de um comportamento em tempo real de roupas, que podem se rasgar de acordo com as atividades, e marcas de bronzeamento. Por outro lado, para compensar essas ausências, o portátil permite o uso de seus sensores para controle de câmera e movimentação.

Ao contrário da edição comum do game, esta chegará apenas por meios digitais, mas somente nas versões asiáticas da PSN. Dead or Alive Xtreme 3 ainda é inédito deste lado do mundo, mas chegou ao Japão e outros territórios em março deste ano.

Fonte: Tecmo Koei (YouTube)