Conheça Ritual of the Moon, um game que deve ser jogado conforme o ciclo lunar

Por Jessica Pinheiro | 11 de Maio de 2018 às 09h19
photo_camera Polygon

Em desenvolvimento há quatro anos por uma pequena equipe de estudantes da Universidade da Califórnia em Santa Cruz, Ritual of the Moon foi criado para ser experimentado de uma maneira incomum: ele deve ser degustado em doses regulares, mais especificamente em um período de 28 dias, quando se completa um ciclo lunar.

Na história do game independente, uma mulher é acusada de feitiçaria e é exilada na Lua, sendo separada daqueles que ela ama. No decorrer dos dias de sua nova vida, ela precisa realizar algumas atividades. Com o tempo, também descobre que há um cometa indo em direção à Terra e que tem a habilidade de controlar astros como esse, podendo acertar planetas com eles ou desviá-los de sua rota; colocando, então, sua humanidade em jogo.

O game é repleto de apego a detalhes, que enriquecem sua criação e denotam a atenção e o humor incluídos em seu desenvolvimento. Os pensamentos da mulher são verossímeis, mas suas ações levam a resultados variados, dependendo das decisões do jogador. Além do mais, o título brinca com a arte virtual e real, combinando manipulações físicas mescladas a manipulações digitais.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A direção artística reflete a líder do projeto de Ritual of the Moon, Kara Stone, que é Ph.D. de cinema e mídia digital com ênfase em estudos feministas. Afinal, muitos dos recursos foram desenvolvidos à mão por ela, incluindo bordados e técnicas de queima de madeira. De acordo com a estudante, isso foi feito para espelhar os temas da história e os ciclos do tempo, além da feitiçaria e a temática do tempo (o passado e o futuro). Tudo foi feito à mão, e após as texturas terem sido digitalizadas, foram colocadas juntas.

Em entrevista à Polygon, Stone ainda cita que usou conceitos de seu dia a dia e as implementou no game, incluindo o hábito de avaliar seu dia com até cinco estrelas. Dessa forma, o jogador precisa executar atividades relacionados ao bem-estar da personagem como, por exemplo, meditação. Depois, é solicitado que seja feita uma escolha emocional.

Ritual of the Moon é um game que pede autorreflexão e contemplação do tempo e leva em conta as emoções e a saúde mental, parecendo ser um ótimo jogo para aqueles que admiram histórias e mecânicas mais intimistas, ou que querem fugir das explosivas produções das grandes desenvolvedoras. Além de Stone, o game conta com as artistas Julia Gingrich e Rekha Ramachandran, e a composição das músicas está a cargo de Maggie McLean e Halina Heron, enquanto que programação é de Chris Kerich.

Ainda sem data definida, Ritual of the Moon será lançado para PC e Mac.

Fonte: Polygon, Kara Stone

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.