Com anúncio do PlayStation VR, vendas da câmera do PlayStation 4 sobem 1000%

Por Redação | 16.03.2016 às 08:33
photo_camera Divulgação

O anúncio da data e do preço do PlayStation VR já começa a mostrar à Sony que a sua estratégia deu mais do que certo. Embora os óculos de realidade virtual cheguem somente em outubro, a notícia de que o acessório vai depender da PlayStation Camera para funcionar e que o Move vai ser parte fundamental dessa experiência fez com que a venda dos periféricos, já disponíveis no mercado há um bom tempo, disparasse em questão de horas.

Tanto que não demorou para que os dois produtos figurassem entre os itens mais vendidos da Amazon, por exemplo. No Reino Unido, a busca pela câmera subiu mais de 975% pouco depois do anúncio da data e do preço do PlayStation VR. Esse aumento faz com que a câmera saltasse da 215ª colocação dentro da lista de produtos relacionados a games para a 20ª. Na loja norte-americana, a procura foi ainda mais intensa e a PlayStation Camera chegou a vender 1000% a mais, indo da 143ª para a 13ª posição no ranking de vendas, atrás apenas de cartões pré-pagos para PSN e Xbox Live, jogos como The Division e Pokken Tournament e bonecos de Disney Infinity e LEGO Dimensions.

O mesmo aconteceu com o PlayStation Move. O sensor de movimentos da Sony sempre foi um acessório negligenciado, já que eram pouquíssimos os títulos que o utilizavam. No entanto, após a confirmação da Sony de que ele seria peça importante de sua experiência de realidade virtual, as vendas do controle de design duvidoso subiram 489% na Amazon dos Estados Unidos. Com isso, ele disparou da 1.185ª colocação para a 12ª. No Reino Unido, o crescimento de 305% o levou da posição 804 para a 209. Vale lembrar que o controle foi lançado em 2010.

Vendas Camera

Podem parecer números isolados, mas já mostram o entusiasmo do consumidor diante do PlayStation VR. O anúncio de que os óculos custarão bem menos que seus principais concorrentes animou o público e mostra um caminho que parece confirmar aquilo que muitos analistas de mercado já previam, com a Sony dominando o segmento. Como o antigo Project Morpheus depende apenas de um PS4 ao invés de um PC de ponta para funcionar, a fabricante japonesa já entra na briga com uma base de usuários possível de 35 milhões de pessoas.

Porém, ao mesmo tempo em que os acessórios relacionados ao VR começaram a vender muito mais, é provável que os seus preços acompanhem esse movimento muito em breve — principalmente no Brasil, onde eles não são vendidos oficialmente. Assim, é bem provável que importadores e revendedores se aproveitem desse boom no interesse para lucrarem um pouco mais em cima do hype da realidade virtual.

Via: Amazon, Amazon UK