Clash Royale derruba Pokémon GO do topo da App Store

Por Redação | 20 de Setembro de 2016 às 18h16
photo_camera Divulgação

A mania por Pokémon GO já não é mais a mesma coisa. Passados cerca de dois meses do lançamento internacional do game de realidade aumentada, ele não é mais o primeiro lugar na famosa lista de apps mais rentáveis da App Store, da Apple. Agora o líder é o game Clash Royale, da Supercell Games.

O período de glórias do game da Niantic foi encerrado na segunda (19), ficando 74 dias no topo da lista de downloads e transações. A lista foi divulgada pela consultoria de dados na web Sensor Tower.

Embora o game da Supercell já tenha meses no mercado, a virada veio com uma atualização no produto, que adicionou um grande número de novos itens, fazendo os fãs abrirem a carteira. Entretanto, Pokémon GO continua no segundo lugar, e caso a Niantic traga atualizações importantes no futuro, esse ranking pode mudar novamente.

De qualquer forma, este é mais um sinal da queda em popularidade que o jogo de realidade aumentada está sofrendo. Depois de picos de uso em julho e agosto, se tornando o game que mais rápido chegou a US$ 500 milhões em receita, com cerca de 500 milhões de jogadores. Porém, dados recentes mostraram que cerca de 80% dos jogadores pagantes já não gastam mais com o app.

Para reagir, a Niantic já está preparando novidades. O CEO da empresa, John Hanke anunciou que no futuro o game suportará batalhas entre jogadores, eventos ao vivo e novos Pokémon de gerações seguintes da franquia. Além disso, o game ainda não foi lançado em grandes mercados asiáticos, como China e Coréia do Sul.

Como fim de comparação, a Sensor Tower divulgou também um ranking com os campeões de dias no topo da lista da App Store. O primeiro lugar é de Clash of Clans, também da Supercell, com 347 dias. Candy Crush Saga é o segundo, com 109 dias, e Pokémon fica com a medalha de bronze, com 74.

Fonte: VentureBeat

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.