Chefe da divisão Xbox elogia novo título exclusivo do PS4

Por Leandro Souza | 21 de Fevereiro de 2017 às 20h22

Enquanto fãs de Xbox e Playstation ficam na sua eterna briga para "eleger" qual o melhor console de videogame, os executivos desta indústria param para reconhecer os avanços feitos pelos seus colegas de setor, mesmo que concorrentes. Um exemplo foi dado esta semana por Phil Spencer, chefe da divisao Xbox da Microsoft, que elogiou o novo título exclusivo para o sistema da Sony, Horizon: Zero Dawn.

Segundo Spencer, games como Horizon, assim como o exclusivo Microsoft Forza Horizon 3, Civilization VI e Overwatch estão ajudando a fazer a indústria de games melhor. Ele também reservou elogios para o próximo game da série Zelda, The Legend of Zelda: Breath of the Wild, que sai no início de março para Wii U e o novíssimo Nintendo Switch.

Horizon: Zero Dawn, apesar de só chegar às lojas na próxima semana (inclusive no Brasil) já está recebendo elogios amplos da crítica especializada internacional.

As declarações foram feitas pelo executivo em sua conta de Twitter, ao trocar comentários sobre o atual cenário de games com seus seguidores. Segundo Spencer, os jogadores devem "celebrar" a boa leva de games que está saindo para as plataformas.

Ele também se pronunciou sobre a atual situação do ecossistema Xbox, apontando que ele está tendo um bom desempenho, que se fortaleceu com o lançamento do Xbox One S no meio do ano passado.

No ano passado, a Microsoft deu passos importantes para diminuir a diferença de vendas com o líder de mercado Playstation 4. Por três meses seguidos o console da Microsoft conseguiu bater o PS4 em vendas. Entretanto, em 2017, a liderança mensal já voltou para a Sony.

O próximo passo da companhia de Spencer virá ainda este ano, com o Project Scorpio, novo console que promete o melhor desempenho da geração e competirá diretamente com o PS4 Pro, versão mais poderosa do PS4 que foi lançada pela Sony no final do ano passado.

Você pode conferir nossa análise do PS4 Pro aqui neste link.

Fonte: Twitter