Capcom oficializa remake de Resident Evil 2

Por Felipe Demartini | 12 de Agosto de 2015 às 12h50

É uma quarta-feira mais feliz para uma bela parcela de fãs de jogos de terror. Como muitos já esperavam há algumas semanas, a Capcom oficializou a produção de um remake de Resident Evil 2 e vai trazer para a nova geração de plataformas um dos games mais clássicos de todos os tempos.

As informações ainda são escassas. Não sabemos, por exemplo, quando nem em quais consoles o título será lançado. A produção está nas mãos de gente com experiência com a franquia, com Yoshiaki Hirabayashi, produtor de Resident Evil 6 e do recente Resident Evil HD Remaster, encabeçando o time que será responsável pelo remake.

A realização de remakes também não é nenhuma novidade para a Capcom, que em 2002, relançou o título que deu origem à série Resident Evil com gráficos atualizados, adições à história e uma qualidade ainda maior. Após passar mais de dez anos como um exclusivo para plataformas da Nintendo, o título chegou no começo deste ano também para PC, PlayStation 4, Xbox One, Xbox 360 e PS3.

Foi justamente ele, inclusive, que motivou tantos pedidos dos fãs para que Resident Evil 2 também fosse refeito. Há algumas semanas, a Capcom começou a falar com os fãs por meio do Facebook pedindo sugestões sobre um possível remake do clássico. Os pedidos foram unânimes e os aficionados mostraram querer o mesmo resultado, só que, agora, com a sequência.

No vídeo que serve como anúncio do remake, Hirabayashi agradece ao suporte dos fãs e afirma que toda a divulgação será feita de forma muito próxima a eles, levando em conta a opinião deles a cada passo do desenvolvimento. Até mesmo uma hashtag, a #WeDoIt, foi lançada, como forma de permitir que todos mostrem sua empolgação com o novo/velho jogo.

Resident Evil 2 conta a saga de Leon e Claire durante a infecção que devastou Raccoon City após o vazamento de vírus produzidos pela Umbrella Corporation. Ele é um policial em seu primeiro dia de trabalho, enquanto ela parte para lá em busca de seu irmão, Chris, que esteve envolvido nos eventos do primeiro título da franquia e está desaparecido desde então.