Brinquedos LEGO estão cada vez mais violentos, segundo pesquisadores

Por Redação | 23 de Maio de 2016 às 22h21
photo_camera Visual News

Um novo estudo da Universidade de Canterbury, na Nova Zelândia, e divulgado nesta segunda-feira (23), aponta que os brinquedos Lego têm se tornado cada vez mais violentos. A pesquisa tomou como base toda a trajetória de um dos brinquedos mais populares do mundo, buscando analisar o quão violento ele se tornou desde seu lançamento, em 1958.

De acordo com os pesquisadores, os produtos da LEGO Company "não são tão inocentes quanto costumavam ser". O estudo foi feito a partir da seleção de catálogos dos brinquedos Lego dos últimos 40 anos, que foram apresentados a 161 pessoas durante uma entrevista. Cada um dos entrevistados classificou a sua percepção de violência diante de cada imagem.

Os resultados obtidos ao longo da pesquisa revelam que de 1958 até o final dos anos 1970, os brinquedos apresentavam, basicamente, construções de barcos, casas e arranha-céus. Porém, a partir da década de 80, o número de armas e cenários de conflitos começou a crescer de forma considerável, passando a ter inspirações em temas de batalhas e guerras. Desde 2000, o número de acessórios violentos tem aumentado de forma ainda mais relevante, sendo que atualmente cerca de 30% dos kits de Lego têm algum tipo de arma em destaque.

É evidente que os brinquedos acompanham a tendência e o gosto da população, sendo baseados, muitas vezes, em programas de TV, filmes e outras fontes de entretenimento. Porém, segundo os pesquisadores, o que a LEGO tem feito é tornar os brinquedos mais violentos como forma de atrair ainda mais o público. Christoph Bartneck, líder do estudo, afirma que a violência nos produtos da Lego tem ultrapassado o nível de enriquecimento da brincadeira.

Diante a divulgação da pesquisa, Troy Taylor, um porta-voz da LEGO, se pronunciou, garantindo que as crianças são a maior preocupação da companhia e que o objetivo não é promover ou incentivar a violência. O executivo disse ainda que os conflitos são naturais e fazem parte das brincadeiras, e que isso auxilia no aprendizado, inclusive, para que as crianças lidem de forma mais tranquila com conflitos em suas próprias vidas.

Fonte: Mashable