Brasil aparece na segunda colocação entre os países que mais faturaram em CS:GO

Por Redação | 18 de Julho de 2016 às 19h43

O Brasil alcançou o segundo maior faturamento em campeonatos internacionais de Counter-Strike: Global Offensive. De acordo com a eSports Earning, responsável por calcular as principais premiações dos campeonatos de games pelo mundo, os jogadores brasileiros conquistaram US$ 1,9 milhão (equivalente a R$ 6,2 milhões) em prêmios recebidos. À frente dos brasileiros estão apenas os jogadores suecos, que alcançaram a primeira posição no ranking mundial ao conquistarem US$ 3,3 milhões (quase R$ 11 milhões).

A conquista do bicampeonato da SK-Gaming na ESL One Cologne 2016, realizada na Alemanha, foi a responsável por levar o Brasil à segunda colocação do ranking. No torneio, o país foi representado pela equipe Immortals, que conta com cinco jogadores, e o time comandado por Gabriel "FalleN" Toledo, que conquistou a competição e faturou US$ 500 mil. Já a Immortals ocupa a décima posição no ranking de Counter-Strike: Global Offensive.

Ranking CS:Go

Completando as cinco primeiras colocações do ranking de países mais bem premiados no game estão a França (US$ 1,85 milhão), Estados Unidos (US$ 1,8 milhão) e Dinamarca (US$ 1,57 milhão). Entre os jogadores, Robin Ronnquist, da Suécia, ocupa a primeira posição, enquanto que o brasileiro Gabriel Toledo aparece na segunda posição, seguido do também sueco Jesper Wecksell.

O Brasil é considerado um dos países com os maiores fãs de Counter-Strike. Em outubro, o país irá sediar o campeonato mundial de Counter-Strike: Global Offensive com a presença das melhores equipes do mundo e premiação de R$ 2,5 milhões.

Fonte: eSports Earning

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.