Blizzard renova Hearthstone ao lançar Sussurros dos Deuses Antigos

Por Gustavo Rodrigues | 27 de Abril de 2016 às 20h37

Hearthstone: Heroes of Warcraft é um dos maiores acertos da Blizzard nos últimos anos. O card game baseado no fantástico mundo de Azeroth já alcançou a marca de 50 milhões de jogadores, tem streams diárias de grandes profissionais na Twitch e possui um circuito profissional em clara ascensão. Entretanto, ele tinha o problema de se tornar cada vez mais complexo e até mesmo caro a quem passasse a jogá-lo competitivamente, algo que está mudando completamente com o lançamento da coleção Sussurros dos Deuses Antigos.

Baseada na influência que os Deuses Antigos causam em personagens já conhecidos pelos jogadores, a coleção traz versões corrompidas de cartas populares, como Nat Pagle e Deathwing. Além disso, ela não traz mecânicas novas que sejam complicadas de entender, nem mesmo parecem simplesmente iguais ao que já existia anteriormente. Para quem é jogador de Hearthstone há muito tempo, este período é o que mais parece inédito.

Para fazer com que a criação dos formatos Standard e Wild funcionassem rapidamente, novos players começassem a ter interesse pelo jogo e até mesmo facilitar a montagem dos baralhos de jogadores casuais, a Blizzard deu alguns agrados na atualização que trouxe Sussurros dos Deuses Antigos ao card game. Todos os jogadores receberam 18 cartas, sendo uma delas a lendária C'Thun, que foi muito bem escolhida como presente por ser muito simples criar um deck baseado nela. Além disso, quem completasse as duas missões bônus ainda receberia mais 50 cartas novas.

Os jogadores mais experientes têm usado as primeiras horas de Sussurros dos Deuses Antigos para testar o máximo possível das novas cartas, seja para melhor compreender a sinergia entre elas ou tentar enxergar quais decks dominarão Standard e Wild. A criação dos dois formatos é um dos recursos mais importantes da Blizzard para renovar o card game, já que a limitação de coleções no Standard torna os baralhos muito diferentes do que era visto até a última semana. Até mesmo o recurso que monta os decks automaticamente tem se mostrado bastante eficiente.

Como o Wild tende a ser menos jogado do que o Standard por ser o mais do mesmo de antigamente e mais complicado para os novos jogadores, fica evidente que as cartas que foram "nerfadas" recentemente passaram por isso para que elas não dominassem este formato. Knife Juggler, Ancient of Lore e principalmente Force of Nature eram peças dominantes e continuariam assim se não tivessem sido alteradas para pior. Para quem joga há muito tempo, é difícil não ser saudosista com a forma original delas.

A chegada de Sussurros dos Deuses Antigos era tão esperada pela comunidade do jogo que os servidores tiveram dificuldade de funcionar normalmente logo após a atualização, gerando quedas repentinas ou dificuldade de acesso. Para os streamers, o número de visualizações e de material para criação de conteúdo aumentou exponencialmente.

Hearthstone

Mais do que a inserção de novas cartas, a Blizzard tornou o lançamento de Sussurros dos Deuses Antigos a renovação que o jogo precisava. A sensação de novidade voltou a estar presente no jogo com a montagem de decks totalmente novos e sem conhecer exatamente o que o oponente está usando do outro lado da mesa. Parte desse sucesso vem do desenvolvedor Ben Brode, mas é notável que o envolvimento da empresa ao ouvir os principais profissionais do game faz com que ele não pare de crescer profissional e casualmente.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.