Blizzard processa criador de trapaças para Overwatch por infração de copyright

Por Redação | 04.07.2016 às 19:23
photo_camera Divulgação

A Blizzard está processando várias empresas fabricantes de cheats para o Overwatch, em especial a Bossland, criadora da ferramenta de trapaça "Watchover Tyrant".

Entre as acusações, a desenvolvedora diz que a empresa alemã infringriu de diferentes formas os direitos autorais reservados à Blizzard. Além disso, a empresa acusa a Bossland de competição desleal. A Blizzard não está contente com a ferramenta de trapaça para o game Overwatch, que está ficando cada vez mais popular entre os jogadores. O processo foi iniciado em uma corte na Califórnia, nos Estados Unidos.

Além da ferramenta Watchouver Tyrant, a Bossland também vende esquemas de trapaças para diversos outros jogos, como World of Warcraft, Diablo 3 e Heroes of the Storm, que também foram mencionados no processo da Blizzard.

A desenvolvedora do game afirma que, por causa desses bots e softwares de trapaça, milhões de dólares são perdidos em vendas, e que eles também arruínam a experiência de outros jogadores.

Parece que a Bossland está em maus lençóis, não é?

Via: Slashdot.org