Batman: Arkham Knight chega ao PC repleto de problemas e revolta fãs

Por Redação | 23.06.2015 às 12:39

Se você não via a hora de conferir todas as novidades da Rocksteady para Batman: Arkham Knight em seu PC, talvez seja melhor ir com um pouco de calma antes de vestir seu uniforme do Homem-Morcego. O game chegou à plataforma nesta terça-feira (23) e veio acompanhado de uma série de problemas que deixaram os fãs do herói bem revoltados.

Tanto que a página do jogo no Steam já está repleta de reclamações de usuários insatisfeitos com o desempenho do título nos computadores, principalmente com a limitação da taxa de quadros por segundo em apenas 30 fps — bem abaixo do que a maioria dos jogadores estão acostumados a ver no PC. Mais do isso, o jogo ainda vem apresentando vários problemas em diferentes configurações, como queda de desempenho em vários momentos, travamentos e a inexistência de uma opção de gráficos em Ultra.

A indignação em torno da péssima adaptação do conteúdo é tanta que, até o momento, praticamente todas as análises publicadas na comunidade do serviço trazem impressões negativas. Um mar vermelho de críticas preenche os comentários, acompanhado de pedidos por patches de otimização ou de pessoas alegando que vão pedir reembolso. Dentro da própria página do jogo, há a recomendação de um usuário sugerindo que as pessoas esperem por atualizações antes de comprarem.

Ainda assim, muitos jogadores se uniram para consertar alguns desses “defeitos” de Batman: Arkham Knight. Nesse sentido, a maior descoberta foi a de que é possível acabar com o limite na taxa de quadros a partir da alteração de um único arquivo .INI. Como apontado pelo site PC Gamer, basta ir para dentro da pasta onde o jogo está instalado e procurar o diretório \BmGame\Config\BmSystemSettings.ini e alterar os dados relacionados ao FPS máximo. Assim, basta pesquisar por “Max_FPS=30" e substituir esse valor por 9999.

Já em relação aos problemas mais técnicos, não há muito o que fazer além de esperar. NVIDIA e AMD já lançaram atualização de driver para corrigir a questão, mas parece que nem isso foi o suficiente para tornar as coisas mais fluidas. Diante disso, a próprio Rocksteady veio a público comentar que está ciente de toda essa questão e que já está trabalhando em maneiras de consertar tudo isso — ainda que não tenha nenhuma previsão de quando esses patches serão lançados.

Via: Steam, PC Gamer, Game Informer