Amiibos chegam oficialmente ao Brasil por R$ 150

Por Redação | 01.06.2015 às 14:04

Quando todo mundo achava que isso nunca ia acontecer, eis que os amiibos são finalmente lançados no Brasil. No entanto, a boa notícia veio acompanhada de um golpe e tanto no bolso dos fãs da Nintendo: cada um dos bonequinhos chega às lojas do país custando R$ 150.

Distribuídas pela NC Games, as miniaturas equipadas com tecnologia NFC já podem ser encontradas em várias lojas do país e estão disponíveis em 12 modelos diferentes inspirados em um personagem da Big N. São eles:

  • Mario
  • Luigi
  • Yoshi
  • Peach
  • Bowser
  • Donkey Kong
  • Diddy Kong
  • Pikachu
  • Sheik
  • Zelda
  • Link
  • Toon Link
  • Samus
  • Kirby
  • Sonic

Só que, o que mais chama a atenção nisso tudo é alto preço. Nos Estados Unidos, cada amiibo custa somente US$ 13, ou seja, cerca de R$ 41 na cotação atual. Isso significa que o valor da versão brasileira dos bonequinhos chega a ser três vezes maior. Para contornar isso, alguns varejistas já estão oferecendo determinados modelos com desconto, vendendo-os por R$ 90 e se aproximado daquilo que muitas outras lojas já faziam com produto de importação.

E, apesar da revolta, os R$ 150 anunciados pela NC Games se aproximam muito daquilo que alguém pagaria caso comprasse um amiibo pela Amazon, por exemplo. Levando com consideração a taxa de importação, a alíquota do ICMS na maioria dos estados e o próprio valor do dólar, a compra internacional não ficaria muito longe daquilo que temos no produto oficial.

Ainda assim, isso vai de encontro àquilo que a própria Nintendo estabeleceu como sua principal estratégia para popularizar os bonequinhos e, consequentemente, sua marca. Ao vender miniaturas de Mario, Luigi e companhia por preços reduzidos, a empresa conseguiu engajar a comunidade e criar uma verdadeira corrida em busca de todos os modelos. Tanto que não é raro ver novos modelos de amiibo se esgotarem nos Estados Unidos ainda durante a pré-venda — o que resultou em um ótimo desempenho durante o último ano fiscal.

Já por aqui, essa realidade deve ser bem diferente. Com os bonecos chegando ao varejo por R$ 150, as lojas que já vendiam as réplicas importadas por valores entre R$ 80 e R$ 100 devem ganhar ainda mais resistência, mas não a ponto de fazer o público correr para comprar os personagens.

Esse é mais um golpe na triste relação entre Brasil e Nintendo. Após a demora de quase um ano para o lançamento do Wii U por aqui e da saída da empresa do mercado nacional, os fãs precisam lidar com mais essa dura realidade.

Via: NC Games