Activision Blizzard conclui compra da produtora de Candy Crush

Por Redação | 24 de Fevereiro de 2016 às 13h50
photo_camera Reprodução

A Activision Blizzard, distribuidora de grandes jogos como Call of Duty e World of Warcraft, anunciou nesta quarta-feira (24) a conclusão da compra da King, desenvolvedora de Candy Crush Saga e outros sucessos mobile. O negócio tem um valor de US$ 5,9 bilhões e cria a maior rede de jogadores conectados do mundo, com mais de 500 milhões de usuários ativos em celulares, tablets, computadores e consoles de video game.

A negociação foi anunciada em novembro de 2015. De acordo com Bobby Kotick, CEO da Activision Blizzard, a expectativa é que a entrada da King no portfólio da empresa traga, já em 2016, um faturamento de US$ 6,25 bilhões, com lucros de US$ 2 bilhões apenas na operação da recém-adquirida, sem contar nos outros games de sucesso da distribuidora. Além disso, a ideia é usar a expertise da desenvolvedora também em outras grandes franquias.

Apesar da compra, a King continua operando de forma independente, mantendo o fundador Riccardo Zacconi como CEO. O mesmo vale para todos os títulos operados por ela, principalmente Candy Crush Saga, atualmente líder incontestável na categoria de jogos mobile e no setor de compras in-app, um sucesso que, inclusive, fez com que ela abandonasse completamente a presença de publicidade em seus títulos free-to-play. Ela simplesmente não precisava das propagandas.

A aquisição representa também a maior negociação já realizada no mercado europeu de startups. Apesar de existir há mais de dez anos e de já ter realizado até mesmo sua abertura de capital, a King permanecia sendo categorizada como tal, com escritórios sediados em Londres, na Inglaterra. Pela empresa, a Activision Blizzard pagou um dos maiores valores já trocados por uma companhia desse porte.

O negócio aconteceu por meio de uma compra total de ações, com todas as cotas da King sendo adquiridas pela ABS Partners, uma subsidiária da Activision. O valor pago foi de US$ 18 por papel, o que resultou nos US$ 5,9 bilhões totais pagos pela companhia. Com a compra, a distribuidora afirma ser hoje a maior empresa de games do mundo.

Fonte: Activision Blizzard

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.