Wii U: Bethesda está insegura em lançar jogos para novo console da Nintendo

Por Redação | 10.09.2012 às 17:42

O lançamento do Wii U é algo prestes a acontecer. No entanto, nem todas as desenvolvedoras se sentem seguras com o novo hardware. Uma delas é a Bethesda, produtora conhecida por criar Skyrim, um dos RPGs mais aclamados dos últimos tempos.

Pete Hines, vice-presidente do setor de marketing na empresa, falou que a desenvolvedora tem interesse em colocar seus jogos 'no máximo de plataformas que puder', mas a chegada do Wii U não está inspirando confiança para nenhum investimento.

Com o histórico do Wii, que não conseguiu ganhar a confiança dos estúdios por conta do seu foco um tanto infantilizado, o caminho para conquistar a confiança de certas produtoras de jogos pode ser um pouco longo. E o fato da Bethesda estar com o pé atrás ilustra essa realidade. Vai depender muito da estratégia de propaganda que a Nintendo irá adotar para colocar o Wii U no mercado, e a força que ela fará pra vender a nova ideia.

Até o momento, suas configurações fazem soar um aparelho potente, mas o calcanhar de Aquiles é que o Wii U pode continuar atrás dos consoles concorrentes, pois mesmo tendo um hardware equivalente com o PS3 e Xbox 360, ainda vai precisar de bastante feijão com arroz pra chegar perto dos vídeogames que estão por vir.

Considerando os comentários de Pete Hines, dá pra contar que ainda algo da Bethesda possa sair para o novo console, sim. Ele disse, há um ano atrás, que 'há definitivamente uma possibilidade da desenvolvedora apoiar o Wii U'. Mas, ele realmente precisa ser poderoso de alguma forma (sempre tem um "mas" no meio do caminho).

Um dos grandes questionamentos do estúdio, também, é como será feito o uso do gamepad para jogar RPG. Imaginar Skyrim rodando nele pode ser algo que ainda não dá pra visualizar e isso vai contar muito em como o gameplay pode ser aplicado.

Bom, vendo os games novos que estão por vir, um da Bethesda que poderia estrear a máquina da Big N é

Dishonored

.

A esperança é a última que morre!