Ubisoft fecha 2012 como líder absoluta em vendas de games no Brasil

Por Redação | 18.01.2013 às 15:08 - atualizado em 18.01.2013 às 15:51

A Ubisoft fechou 2012 como a líder do mercado brasileiro em vendas de jogos de videogame. Pela primeira vez em sua história no Brasil, a empresa alcançou o primeiro lugar no ranking, com 12,8% do total de games vendidos no país.

A calorosa recepção do público e da crítica especializada aos títulos Assassin’s Creed III, Far Cry 3 e Just Dance 4 contribuiu para o sucesso da produtora. Assassin’s Creed III já vendeu mais de 200 mil unidades no Brasil e foi eleito o melhor game do ano na opinião de vários jogadores.

Far Cry 3 chegou às prateleiras no final do ano e ultrapassou 50 mil unidades vendidas em apenas um mês. Muito elogiado por fãs, youtubers e jornalistas, o game foi eleito o melhor do ano por vários sites, além do programa Game Up, da ESPN Brasil.

Já Just Dance 4, novo jogo da franquia de dança mais vendida do mundo, superou 120 mil unidades comercializadas no Brasil — em versões para Xbox360 com Kinect, PS3 e Wii — e garantiu novamente seu lugar entre os games mais pedidos no Natal. O jogo fez bastante sucesso principalmente ao oferecer o DLC (Downloadable Content) do hit Gangnam Style.

"Estamos imensamente felizes com esses resultados, que foram conquistados graças aos nossos fãs — são mais de 1,8 milhão de fãs só no Facebook da Ubisoft Brasil — e às inovações dos nossos estúdios. Gostaríamos de agradecer também aos lojistas, jornalistas, youtubers, blogueiros e parceiros, que nos ajudaram a fazer o mercado brasileiro de games crescer de maneira extraordinária em 2012. Juntos, conseguimos oferecer jogos a preços razoáveis, com conteúdo em português e em datas de lançamento muito próximas às dos EUA", disse Bertrand Chaverot, diretor da Ubisoft no Brasil.

Chaverot lembra que, em termos percentuais, o mercado de games do Brasil foi o que mais cresceu em 2012 no mundo todo. “Segundo a GFK, os games foram a categoria com maior crescimento, na frente de tablets e smartphones, que também tiveram ótimos resultados. Confiamos que esse movimento positivo vá continuar em 2013, com grandes lançamentos para consoles e dispositivos móveis. Já anunciamos Splinter Cell Blacklist e Watch_Dogs. Teremos mais surpresas sendo reveladas ainda no primeiro trimestre desse ano”, acrescenta o diretor da Ubisoft Brasil. Para ele, a perspectiva do mercado de videogames brasileiro em médio prazo, até 2015, é ainda mais promissora. “Hoje temos uma base instalada de cinco milhões de consoles no Brasil, mas com o aumento do poder aquisitivo e o lançamento de consoles de nova geração, há potencial para crescer três vezes e chegar a 15 milhões de lares em três anos”, acredita.