Steam também terá seus próprios óculos de realidade virtual

Por Redação | 25.02.2015 às 07:34

Antes da compra da Oculus VR pelo Facebook, a fabricante do Rift trabalhava lado a lado com a Valve no desenvolvimento de tecnologia de realidade virtual. Agora, porém, as empresas se separaram e a dona do Steam anunciou que vai apresentar, na próxima semana, seu próprio dispositivo do tipo, com foco completo em games.

Chamado de SteamVR, o produto deve dar as caras pela primeira vez na GDC 2015, um evento voltado a desenvolvedores de games que vai acontecer em São Francisco, nos Estados Unidos. Além do equipamento, novas versões das Steam Machines – espécies de híbridos entre computadores e consoles, voltados para quem gosta de jogar no sofá da sala – também darão as caras na feira.

Mais do que um anúncio em si, a revelação significa uma empreitada renovada da Valve no mercado da realidade virtual, uma vez que boa parte dos funcionários envolvidos no esforço original foi para a Oculus VR após a compra pelo Facebook. Como especula o site da PC World, a dona do Steam estaria, agora, com uma nova equipe de desenvolvimento para esse fim e pode acabar seguindo para uma direção completamente oposta à do Rift.

Para o Facebook, o periférico é mais do que algo voltado para games. Em declarações que desagradaram os entusiastas da plataforma, Mark Zuckerberg disse querer apostar no potencial do equipamento também nos setores educacional, médico e de comunicação, uma vez que a possibilidade de imersão completa em mundos virtuais deveria servir para mais do que games de tiro.

A nova abordagem motivou, por exemplo, o cancelamento de uma versão do sucesso Minecraft para o Oculus Rift, com seu criador, Markus Persson, afirmando ter “medo” de grandes corporações como o Facebook. Seja como for, parece que tais temores poderão ser aplacados em breve, quando a Valve chegar de assalto nesse cenário.