SKTt1 vence o Mundial de League of Legends e leva 1 milhão de dólares

Por Felipe Santana Felix | 05.10.2013 às 16:10 - atualizado em 05.10.2013 às 23:21

* Em Los Angeles, EUA

Pisando na cara do que parece ser recalque dos que não enxergam eSports como uma modalidade esportiva em ascensão, a Riot Games fez um dos maiores espetáculos na história da modalidade em um dos maiores templos esportivos do mundo.

O que vimos no Staples Center em Los Angeles, EUA, foi um show à parte: os quase 20 mil sorrisos que lotaram todos os anéis do coliseu deixavam claro que estar presente na final da terceira temporada de League of Legends era um dos grandes sonhos de muitos. E para tornar a experiência inesquecível os expectadores foram presenteados com diversos brindes exclusivos, além da possibilidade de adquirir roupas e demais acessórios únicos de seu jogo favorito.

Enquanto o cronômetro marcava o tempo para o início do espetáculo, as filas e a movimentação nas barracas eram intensas, assim como os clicks e a admiração dos fãs aos pro-players que se camuflavam muito bem para assistir aos jogos da plateia. Porém, quando a hora chegou, corredores se tornaram desertos e a turma eufórica preencheu todo o espaço utilizado para a épica final.

Entre vídeos e estatísticas antes da partida da sul-coreana SKTt1 e a chinesa Royal Club, vimos uma das apresentações musicais mais memoráveis em uma final de eSports. Com direito a orquestra e show ao vivo de Wes Borland, ex-Limp Bizkit, a cerimônia de abertura animou a plateia para uma final tão discrepante quanto a da segunda temporada de LSC North America, entre Cloud9 e Team Solo Mid.

Cotada para ganhar o torneio desde a fase de grupos, SKTt1 fez valer seu favoritismo e simplesmente destruiu a Royal Club, conquistando 3 partidas seguidas e acabando com a festa de todos muito mais cedo que o esperado.

Faker e Impact lideraram a equipe sul-coreana em três vitórias claramente incontestáveis e finalmente levaram o título da liga ao país que respira eSport.

Após o término do jogo, a Riot realizou uma coletiva de imprensa sem muitas declarações contundentes dos campeões. Os jogadores da SKT comentaram o quão importante foi a derrota da fase de grupos para o outro time chinês do torneio, OMG, e que gostariam muito de ter enfrentado mais times europeus.

Além do título, os coreanos receberam um prêmio de um milhão de dólares. já a Royal Club teve que se contentar com US$ 250 mil e as equipes que ficaram em terceiro e quarto lugares, US$ 150 mil cada. Além destes valores os times já haviam recebido bônus adicionais por seus bons desempenhos regionais. Ao serem questionados sobre o que pretendem fazer com o dinheiro o grande jogador do time campeão, Faker, respondeu que deseja gastar boa parte do seu prêmio em frango (!).

* O jornalista viajou para Los Angeles a convite da Riot Games.