Reação negativa em relação ao Xbox One ajudou a Sony a tomar melhores decisões

Por Redação | 26 de Junho de 2013 às 16h32

Após as apresentações voltadas para a imprensa durante a E3 deste ano, a opinião do público foi bem definida: a Microsoft estava restringindo os direitos de seus usuários, enquanto a Sony ganhou pontos positivos por não adotar as mesmas medidas da concorrente.

Os comentários negativos iniciais que circularam sobre a Microsoft, principalmente nas redes sociais, também foram favoráveis à fabricante do PlayStation4 – e o presidente da Sony Worldwide Studios, Shuhei Yoshida, não escondeu isso de ninguém. Durante uma entrevista para a revista 'Famitsu', o executivo explicou como as reações negativas ao console do concorrente foram úteis para a tomada de decisões do departamento de marketing do PS4.

Inicialmente, a Microsoft disse que seria necessário se conectar à Internet pelo menos uma vez a cada 24 horas para que o Xbox One funcionasse perfeitamente, além da questão de restrição dos jogos usados do novo console. Esses foram os dois principais pontos de reclamações dos internautas e que, pouco tempo depois, foram cancelados pela própria empresa, que voltou atrás e modificou suas políticas relacionadas a eles.

Saiba mais: Microsoft recua: jogar offline e compartilhar jogos será possível!

"Muitas pessoas estavam enviando opiniões sobre esse assunto para o meu Twitter antes da E3", disse o presidente da Sony durante a entrevista reproduzida pelo site Polygon. "Não digo que nossas políticas sobre hardware sejam decididas unicamente pelas reações dos gamers, mas quando pensamos no produto que estávamos lançando e como lançá-lo, essas reações foram uma fonte muito útil".

O presidente da Sony Computer Entertainment Japan Asia, Hiroshi Kawano, também se manifestou dizendo que a empresa tem recebido uma resposta muito positiva em relação ao PS4. "Fizemos uma lista do que as pessoas estavam esperando de nós, debatendo cada ponto e recebendo feedback dos consumidores para formar os itens principais".

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.