Razer Megalodon é um monstro de headset

Por Felipe Santana Felix

A experiência marcante com o Megalodon começa já no 'unboxing' do produto. É tanta embalagem que parece uma daquelas famosas pegadinhas inspiradas nas bonecas russas. Quando tudo é desempacotado, lá está o monstro, em tamanho, desempenho e preço.

Tubarão negro dos mares do som

Assim como a criatura aquática pré-histórica que leva o mesmo nome, o headset da Razer é gigante. O equipamento tem enormes conchas e uma bela espuma para a fixação da alça à cabeça. Tudo é bem acolchoado e extremamente anatômico. O isolamento, mesmo não sendo o melhor do mercado, é certamente um dos “tops”.

O Megalodon possui uma placa de áudio embutida em uma “estação de controle” física, na qual o usuário pode alterar entre os padrões 2.0 e 7.1, além de regular a intensidade dos canais e funções do microfone. Essa placa é o que torna o headset da Razer um dos melhores do mercado. Além de seus benefícios sonoros, ela “memoriza” as últimas configurações utilizadas e não requer instalação de nenhum software para funcionar. Basta plugar, escutar e ser feliz.

O monstro também possui algumas luzes, mas nada tão chamativo a ponto esconder seu design. O Megalodon é monocromático até mesmo no logo da fabricante. Tudo é preto.

Redemoinho de sons

A grande diferença do Megalodon para os demais concorrentes é a combinação de uma boa placa com uma engine de áudio desenvolvida para simular um sistema 7.1 com extrema qualidade. O periférico não possui um 7.1 real, e assim como todos os outros fones 5.1 ou 7.1, ele oferece esta qualidade sonora virtualmente, utilizando dois canais e um software.

Para realizar esse trabalho, a Razer desenvolveu uma engine específica, batizada de Maelstrom. Com este software, o Megalodon consegue simular de forma extremamente eficiente um áudio 7.1. Principalmente em jogos de tiro, em que a qualidade chega a impressionar. É possível identificar, sem erro, a direção de um disparo ou a distância da movimentação de um outro jogador.

Em games onde o único recurso disponível é o estéreo, não vale a pena utilizar o recurso, pois não há nada a ser simulado. Por isso a Razer teve o cuidado de manter a boa, velha e indispensável função 2.0. Desta forma, é possível usufruir do produto em diversos jogos, bem como escutar músicas e assistir a séries e filmes com o headset.

Conclusão

Mesmo sendo grande e possuindo algumas falhas estéticas, o Razer Megalodon é um headset visualmente respeitável e extremamente anatômico. Para aqueles que levam seus equipamentos a todo lugar, a bag, inclusa na compra do produto, é um excelente adicional. Sentimos falta apenas de uma alça para carregamento de mão, mas se a você gostar mesmo do produto, nada melhor do que levá-lo abraçadinho.

O periférico funciona em Windows e Mac de forma idêntica, assim, sua utilização se restringe apenas a computadores, não podendo ser utilizado em entradas USB de nenhum dos consoles conhecidos até o momento.

A estação de comando tem um tamanho considerável, mas não chega a ocupar um espaço preocupante; basta saber onde colocá-la. Regular o áudio pelo touchpad giratório é uma delícia e o equipamento fornece a customização necessária para deixar tudo como o cliente gosta, principalmente o surround. A possibilidade de dar um toque pessoal aos canais de som e a qualidade do Maelstrom tornam o áudio fantástico em inúmeros jogos, principalmente nos mais recentes, fornecendo ao usuário uma experiência extremamente imersiva.

O microfone tem um bom desempenho, faz seu trabalho como qualquer outro. O único ponto questionável é sua estrutura rígida. Alguns podem não gostar, outros podem não ligar, mas no final das contas não é ele que vai fazer a diferença na hora da compra.

Se o objetivo é ter um dos melhores fones para tornar a experiência in game perfeita, com certeza o Megalodon deve estar na mente de qualquer um. No entanto, se o objetivo é ter tudo isso por menos de R$ 799, existem outros headsets que podem fornecer uma experiência similar ou quase próxima à do Megalodon.

Ficha Técnica:

Modelo: Razer Megalodon Headset

Preço: R$ 749,00

Fones de ouvido:

Resposta de Freqüência: 20 - 20.000 Hz

Impedância: 32Ω em 1kHz

Sensibilidade (@ 1kHz, 1V/Pa): 102 dB ± 4dB a 1 kHz

Max. Poder de entrada: 200 mW

Drivers: 40 mm, com ímãs de neodímio

Diâmetro interno da concha: 50 mm / 1,97 "

Comprimento do cabo: 3,3 m

Peso aproximado: 225g

Microfone:

Resposta de Freqüência: 50 - 16.000 Hz

Sensibilidade (-37 dB ± 4dB @ 1kHz, 1V/Pa): ajustável pelo usuário/variável

Sinal-ruído: 50 dB

Pick-up padrão: Unidirecional

Unidade de processamento de áudio:

Opções: volume principal, alto-falante central, alto-falantes dianteiros, alto-falantes laterais, alto-falantes traseiros, nível baixo, sensibilidade do microfone, nivelamento do microfone, microfone mudo, Razer Maelstrom on/off, alternância ativa/em stand-by, redefinir.

Comprimento do cabo: 3,3 metros, bainha de fibra trançada

Conector: USB banhado a ouro

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.