Platinum Games: "Bayonetta 2 não existiria sem a Nintendo"

Por Redação | 25 de Setembro de 2012 às 07h50

A Nintendo está vivendo sua era de ouro, com o iminente lançamento do Wii U. Algumas desenvolvedoras estão colocando tanta fé no novo console que se arriscam a dizer o quanto a produtora japonesa é importante para que alguns jogos possam existir de fato.

O diretor executivo da Platinum Games, Atsushi Inaba, é um entusiasta da Nintendo e disse que, sem seu apoio, Bayonetta 2 não existiria. Para Inaba, a sequência não poderia ser realizada sem que a empresa japonesa ofertasse a possibilidade.

"Se Bayonetta não existiria sem a Nintendo? A resposta é sim. Não estamos vendo isso como uma mudança de plataforma apenas, na verdade estávamos procurando um parceiro para criar a continuação do jogo, e a Big N se colocou à nossa disposição, mostrando-se bastante cooperativa, disposta realmente a apostar no projeto", disse Inaba, em entrevista concedida ao site Polígono, durante a TGS 2012.

Nesse caso, calhou do Wii U estar no meio do caminho. E Inaba aproveitou para tranquilizar os fãs com relação ao curso que o game vai tomar. Os hardcore gamers podem ficar tranquilos, porque a máquina aguenta isso e muito mais.

"Criamos a estrutura básica dos nosso jogos de PC, por isso mesmo que o hardware não influencia na criação dos nossos jogos. E, além disso, nós desenvolvemos nosso próprio motor gráfico para trabalhar com múltiplas plataformas", revelou o diretor.

Ainda não temos nenhum detalhe aparente sobre jogabilidade, história... nada, e Inaba também não quis abrir o bico. Em vez disso, ele pediu que os fãs usassem sua imaginação.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.