PlayStation Network terá desconto de 10% em jogos neste final de semana

Por Redação | 20.01.2015 às 12:55

A Sony recompensará os jogadores dos consoles PlayStation pela indisponibilidade da PSN no final de ano oferecendo 10% de desconto neste final de semana. De acordo com o que foi anunciado nesta terça-feira (20), a oferta estará disponível para os jogadores de PlayStation 4, PlayStation 3 e PS Vita a partir das 15h desta sexta-feira (23) e vai até a próxima segunda (26).

O desconto vale uma única vez e, para ter acesso a ele, os usuários deverão utilizar um código promocional que ainda será publicado pela empresa em seu site oficial. Para garantir a redução de 10%, todos os produtos devem ser adquiridos de uma única vez, com a promoção sendo aplicada diretamente no carrinho.

Mas fique atento, já que apenas conteúdos relacionados a jogos fazem parte do programa de compensação. Ou seja, você poderá comprar games, DLCs, passes de temporada e até realizar a pré-compra de alguns títulos. Renovações da PlayStation Plus, aluguéis de games digitais pelo recém-lançado serviço PS Now ou conteúdos das lojas de músicas ou filmes não valem na promoção.

Inicialmente, a Sony afirmou que mandaria os códigos individualmente, por mensagem ou e-mail, para cada usuário afetado pela queda da rede no final de ano. Para facilitar as coisas, a empresa resolveu estender a promoção a todos os usuários, em uma promoção que deve alavancar bastante as vendas no final de semana, principalmente com a chegada de jogos bastante esperados como The Order, Dying Light e Evolve, que ainda estão para sair, e Resident Evil HD Remaster, que foi lançado digitalmente hoje.

Além disso, a empresa disse estar trabalhando na extensão de cinco dias na assinatura da PlayStation Plus para todos que eram usuários pagantes na época da indisponibilidade. Mais detalhes sobre o assunto serão revelados em breve, com todos os beneficiados recebendo confirmações sobre o assunto por e-mail.

Ataque hacker

A PlayStation Network foi duramente atacada por hackers na noite da véspera de Natal. Vítima de um golpe de negação de serviço, a rede online que serve os consoles da japonesa ficou fora do ar por quase cinco dias, deixando muita gente que acabava de comprar ou ganhar um console novinho impossibilitado de jogar online.

Os responsáveis foram os hackers do Lizard Squad, que já tinham a rede na mira há algum tempo e também realizaram ataques aos servidores da Microsoft, Valve e Blizzard. Segundo porta-vozes do grupo, a ideia por trás dos golpes era mostrar aos usuários pagantes a falta de responsabilidade e habilidade dos responsáveis pelos serviços online.