Novo Duke Nukem? CEO da Gearbox está empolgado e disse que "sim"

Por Redação | 14.09.2012 às 08:25

Não bastasse o fiasco passado, a Gearbox levantou a bola de fazer um novo Duke Nukem. É, o jogo que ficou no forno por longos 13 anos, e surtiu num produto final de dar ódio em quem gastou dinheiro, pode ter uma continuação.

Geralmente, as desenvolvedoras conseguem respaldo para dar continuidade a um projeto se a primeira parte consegue resultados positivos, do contrário, nada de tirar dindin do bolso pra sequência alguma. Mas parece que dessa vez a ordem dos fatores vai, sim, alterar o produto.

Durante uma entrevista ao site IGN, o presidente da Gearbox Software, Randy Pitchford, se mostrou bastante interessado em colocar a história do anti-herói para rodar novamente pelos consoles. E essa vontade de fazer a franquia prosperar nasceu quando a produtora comprou os direitos da série em 2010, quando eles assumiram totalmente o game Duke Nukem Forever.

"Quando adquiri a marca fiz com amor e muita boa vontade, e não estava pensando que o único objetivo era colocar Duke Nukem Forever no mercado e lucrar com isso. Não. Meu real objetivo era construir um novo título logo em seguida", disse Pitchford.

Mas mesmo com o histórico nem um pouco favorável da última entrega, será mesmo que os caras se animam a fazer algo realmente novo?

"Acredito que o que eu faria, ou melhor, a Gearbox faria seria um pouco diferente do que foi visto. Creio que seria algo realmente inovador e incrível. Estou ansioso por isso", assentiu o CEO.

Bom, se ele está colocando essa fé toda no jogo, quem somos nós para duvidar?