Nintendo anuncia fim da produção do Wii

Por Redação | 21 de Outubro de 2013 às 18h09

Chegou a hora de dar adeus ao Wii. Depois de encerrar a produção no Japão, a Nintendo declarou que o irmão mais velho do Wii U não será mais fabricado em todo o mundo. As informações são do Kotaku.

O anúncio está no no site japonês da Big N com a mensagem "fabricação encerrada". Desde o lançamento do Wii U, no final de 2012, o console da geração passada ainda era comercializado – como já é de costume das empresas quando colocam um novo produto no mercado.

O Nintendo Wii foi lançado em 2006 e foi o primeiro videogame a introduzir um controle que reconhece movimento, sem fio. O dispositivo vendeu mais de 100 milhões de unidades em todo o mundo, se tornando, hoje, a quinta plataforma mais vendida em todo o mundo.

Com o tempo, suas vendas foram caindo, principalmente depois do lançamento do Kinect, o sensor de movimentos do Xbox 360 e do PlayStation Move, da Sony.

No ano passado, a empresa lançou o seu sucessor Wii U, que não vem obtendo muito sucesso pela falta de títulos para o console, mesmo sendo capaz de rodar jogos do seu antecessor. No primeiro semestre de 2013, a expectativa era de que fossem vendidas 5,5 milhões de unidades, mas a previsão foi diminuída para 4 milhões. No final, a empresa acabou vendendo ainda menos do que isso: apenas 3,45 milhões.

Com o lançamento dos novos Xbox One e PlayStation 4 se aproximando, é bem provável que a empresa veja sua participação no mercado cair ainda mais.

No Brasil

O Wii chegou no Brasil no dia 19 de dezembro de 2006 custando R$ 2.399. O preço salgado e pouco competitivo fez com que o console fosse pouco vendido por aqui nos primeiros meses. Atualmente, quase sete anos depois, é possível encontrar o aparelho em lojas credenciadas por menos de R$ 800.

Agora, o país se prepara para receber o Wii U, que deve chegar até o final de novembro, mês que o Xbox One e o PlayStation 4 também serão lançados.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.