NintendoTvii é a função que mudará a forma como interagimos com um console

Por Redação

No inicio de 2011 a Nintendo apresentou ao mundo o sucessor do Wii. O inovador console da Big N acabou surpreendendo a todos com a proposta de um novo estilo de jogo baseado em um gamepad com tela de 6,2 polegadas que proporcionaria aos jogadores uma experiência multiplayer muito mais intensa, além de liberar o jogador da tela de sua televisão. Agora a empresa surpreende ainda mais com o lançamento da Nintendo TVii e literalmente "sai da caixa".

A Nintendo compreendeu muito bem a febre do consumo de videos em tablets e smartphones e resolveu criar uma outra função para o seu gamepad do Wii U.

Com a NTVii será possível assistir seus seriados, filmes, programas e esportes favoritos com a possibilidade de compartilhamento via redes sociais e realizar interações mais aprimoradas com alguns conteúdos.

Com o recurso multitela aliado ao NTvii, seus problemas de briga para ver televisão com os outros habitantes da sua casa provavelmente acabaram. A possibilidade de ter uma "Smart tv" em um gamepad à sua disposição, a qualquer momento, pode dar ainda mais força ao Wii U.

Wii U

No video divulgado, é possível utilizar o controle circular touch para navegar entre canais e, assim, ter novas formas de convivência com a telona. Enquanto se assiste uma partida de futebol, por exemplo, é possível acompanhar dados estatísticos do jogo e realizar interações via redes sociais. É possível cadastrar contas diferentes na função NTVii e acompanhar o que cada um dos cadastrados está assistindo. E o mais interessante é que este recurso é grátis.

Wii U

O conceito de entretenimento multitela que a NTVii acaba por sacramentar no Wii U é a ideia que norteia todo o desenvolvimento do primeiro console da nova geração; e a Nintendo realmente acertou em fornecer aos usuários a possibilidade de fazerem o que já fazem em seus aparelhos mobile: assistir coisas. Os gamers que comprarem o Wii U poderão ter uma experiência totalmente diferente em um equipamento que deixa de ser um console e passa a ser uma estação de entretenimento.

De fato a nova funcionalidade irá magnetizar muitos dólares dos bolsos dos consumidores norte-americanos, e como toda nova função, com certeza ela terá "probleminhas" técnicos. A Big N terá muito trabalho para atender 100% as expectativas dos usuários quanto a este serviço. Se a coisa já não estará perfeita nos EUA, imagina pra nós.

A grande pergunta é: quando poderemos ver os jogos de futebol de times brasileiros e acompanhar as estatísticas dos nossos times em tempo real? Ou em quanto tempo o serviço estará funcionando de forma adequada para poder assistir Chaves no nosso gamepad? A única opção é esperar e torcer que a implementação do serviço seja feita o mais rápido possível no Brasil e de forma mais completa que os já implementados por Microsoft e, principalmente, Sony.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.