Microsoft pretende integrar tecnologia do Kinect a notebooks

Por Redação | 08.03.2013 às 14:31 - atualizado em 18.09.2013 às 20:05

A Microsoft está empenhada em integrar a tecnologia do Kinect a alguns dispositivos, e para isso construiu recentemente um novo centro de pesquisas em seu campus dedicado a estudar as diversas possibilidades oferecidas pelo sensor.

Craig Mundie, assessor do CEO da companhia, explicou ao The Verge que a ideia é criar miniaturas do Kinect, tornando-o menor fisicamente e também diminuindo seu preço. Porém, ao ser questionado sobre quando poderemos ver um Kinect embutido em um notebook, por exemplo, ele disse apenas "em breve".

"Não vai acontecer amanhã, mas podemos ver um caminho para esse tipo de coisa", explica. Em seu novo campus de pesquisa interativo, a Microsoft já integrou o sensor a algumas telas maiores para realizar testes.

Telas com Kinect embutido
Microsoft demonstra integração do Kinect com grandes telas (Reprodução: The Verge)

O site teve acesso a essas telas integradas, e disse que os sensores parecem ser mais finos e menores do que aqueles existentes no mercado, mas um porta-voz da Microsoft se recusou a dizer se aquilo se tratava do Kinect 2 ou não.

Apesar das evoluções aparentes, a empresa ainda enfrenta muitos desafios para conseguir integrar o sensor a outros dispositivos diversos, e não estamos falando apenas da diminuição do seu tamanho. Uma das grandes dificuldades de trazer essa tecnologia para notebooks ou tablets, por exemplo, é que o sensor Kinect não funciona debaixo da luz intensa do dia, e isso limita a sua utilização em dispositivos móveis.

O que acontece é que a tecnologia utiliza infravermelho para captar os movimentos, e o sol é uma imensa fonte de infravermelho, logo a luz do dia pode encobrir o poder do sensor facilmente. Apesar de não estar tão próxima de lançar um dispositivo diferente com Kinect integrado, a Microsoft parece estar trabalhando pesado para isso acontecer. Resta-nos apenas aguardar as novidades.

Leia também: [Vídeo]: Microsoft mostra sua mais recente visão da tecnologia no futuro